Versículos sobre Ofensa


A Bíblia fala muito sobre ofensas, insultos e xingamentos. O cristão deve segurar sua língua, e não ofender o próximo.

Aquele que xinga e ofende os outros é sempre identificado como ímpio pela Bíblia, porque essa pessoa não tem compaixão pelo próximo, mas destila ódio pela boca.

A Palavra de Deus te sugere uma mudança quando diz "não retribuam mal com mal, nem insulto com insulto; ao contrário, bendigam". Pois dessa forma seremos abençoados.

Ofensa na Bíblia

Da mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos, não pode ser assim!
Tiago 3:10

Não retribuam mal com mal, nem insulto com insulto; ao contrário, bendigam; pois para isso vocês foram chamados, para receberem bênção por herança.
1 Pedro 3:9

Mas eu digo a vocês que qualquer que se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento. Também, qualquer que disser a seu irmão: 'Racá', será levado ao tribunal. E qualquer que disser: 'Louco!', corre o risco de ir para o fogo do inferno.
Mateus 5:22

Se alguém se considera religioso, mas não refreia a sua língua, engana-se a si mesmo. Sua religião não tem valor algum!
Tiago 1:26

Semelhantemente, a língua é um pequeno órgão do corpo, mas se vangloria de grandes coisas. Vejam como um grande bosque é incendiado por uma simples fagulha.
Tiago 3:5

O insensato revela de imediato
o seu aborrecimento,
mas o homem prudente ignora o insulto.
Provérbios 12:16

Quando insultado, não revidava; quando sofria, não fazia ameaças, mas entregava-se àquele que julga com justiça.
1 Pedro 2:23

A boca do justo é fonte de vida,
mas a boca dos ímpios abriga a violência.
Provérbios 10:11

O homem que não tem juízo
ridiculariza o seu próximo,
mas o que tem entendimento
refreia a língua.
Provérbios 11:12

Eu disse: Vigiarei a minha conduta
e não pecarei em palavras;
porei mordaça em minha boca
enquanto os ímpios
estiverem na minha presença.
Salmos 39:1

A resposta calma desvia a fúria,
mas a palavra ríspida desperta a ira.
Provérbios 15:1

O justo pensa bem antes de responder,
mas a boca dos ímpios jorra o mal.
Provérbios 15:28

Não responda ao insensato
com igual insensatez,
do contrário você se igualará a ele.
Provérbios 26:4

Melhor é um pedaço de pão seco
com paz e tranquilidade
do que uma casa onde há banquetes
e muitas brigas.
Provérbios 17:1

Quem zomba dos pobres
mostra desprezo pelo Criador deles;
quem se alegra com a desgraça
não ficará sem castigo.
Provérbios 17:5

Começar uma discussão
é como abrir brecha num dique;
por isso resolva a questão
antes que surja a contenda.
Provérbios 17:14

Não diga:
"Eu o farei pagar pelo mal que me fez!"
Espere pelo Senhor,
e ele dará a vitória a você.
Provérbios 20:22

"Sua boca está cheia
de maldição e amargura".
Romanos 3:14

"Sua garganta
é um túmulo aberto;
com a língua enganam".
"Veneno de víbora
está em seus lábios".
Romanos 3:13

a língua, porém, ninguém consegue domar. É um mal incontrolável, cheio de veneno mortífero.
Tiago 3:8

Com a língua bendizemos o Senhor e Pai e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.
Tiago 3:9

Em seus lábios não há palavra confiável;
a mente deles só trama destruição.
A garganta é um túmulo aberto;
com a língua enganam sutilmente.
Salmos 5:9

Eles afiam a língua como espada
e apontam, como flechas, palavras envenenadas.
Salmos 64:3

Afiam a língua como a da serpente;
veneno de víbora está em seus lábios.
Salmos 140:3

A língua deles é uma flecha mortal;
eles falam traiçoeiramente.
Cada um mostra-se cordial
com o seu próximo,
mas no íntimo lhe prepara
uma armadilha.
Jeremias 9:8

Vejam! De longe vem
o Nome do Senhor,
com sua ira em chamas
e densas nuvens de fumaça;
seus lábios estão cheios de ira,
e sua língua é fogo consumidor.
Isaías 30:27

Os sábios de coração
aceitam mandamentos,
mas a boca do insensato o leva à ruína.
Provérbios 10:8

O ódio provoca dissensão,
mas o amor cobre todos os pecados.
Provérbios 10:12

Quem esconde o ódio
tem lábios mentirosos,
e quem espalha calúnia é tolo.
Provérbios 10:18

Sua boca está cheia de maldade
e a sua língua formula a fraude.
Salmos 50:19

Quando são muitas as palavras,
o pecado está presente,
mas quem controla a língua é sensato.
Provérbios 10:19

Os lábios do justo sabem o que é próprio,
mas a boca dos ímpios
só conhece a perversidade.
Provérbios 10:32

Até quando choro e jejuo,
tenho que suportar zombaria;
Salmos 69:10

Com a boca o ímpio
pretende destruir o próximo,
mas pelo seu conhecimento
o justo se livra.
Provérbios 11:9

O povo amaldiçoa
aquele que esconde o trigo,
mas a bênção coroa
aquele que logo se dispõe a vendê-lo.
Provérbios 11:26

é orgulhoso e nada entende. Esse tal mostra um interesse doentio por controvérsias e contendas acerca de palavras, que resultam em inveja, brigas, difamações, suspeitas malignas
1 Timóteo 6:4

Há palavras que ferem como espada,
mas a língua dos sábios traz a cura.
Provérbios 12:18

Do fruto de sua boca
o homem desfruta coisas boas,
mas o que os infiéis desejam é violência.
Provérbios 13:2

Quem despreza o próximo
comete pecado,
mas como é feliz quem trata com bondade
os necessitados!
Provérbios 14:21

O zombador não gosta de quem o corrige,
nem procura a ajuda do sábio.
Provérbios 15:12

O homem perverso provoca dissensão,
e o que espalha boatos afasta bons amigos.
Provérbios 16:28

Retribui sete vezes mais aos nossos vizinhos
as afrontas com que te insultaram, Senhor!
Salmos 79:12

As palavras do tolo provocam briga,
e a sua conversa atrai açoites.
Provérbios 18:6

O presente abre o caminho
para aquele que o entrega
e o conduz à presença dos grandes.
Provérbios 18:16

Melhor é viver num canto sob o telhado
do que repartir a casa
com uma mulher briguenta.
Provérbios 21:9

Sua boca está cheia de maldições,
mentiras e ameaças;
violência e maldade estão em sua língua.
Salmos 10:7

e não usa a língua para difamar;
que nenhum mal faz ao seu semelhante
e não lança calúnia contra o seu próximo;
Salmos 15:3

Guarde a sua língua do mal
e os seus lábios da falsidade.
Salmos 34:13

Jerusalém está em ruínas,
e o povo de Judá está caído;
suas palavras e suas ações
são contra o Senhor,
desafiando a sua presença gloriosa.
Isaías 3:8

Pois as suas mãos
estão manchadas de sangue,
e os seus dedos, de culpa.
Os seus lábios falam mentiras,
e a sua língua murmura palavras ímpias.
Isaías 59:3