E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Romanos 12:2 ARC

O significado de Romanos 12:2 é profundo. O apóstolo Paulo explica sobre princípios de romper com o pecado, manter nossa vida centrada em Cristo e buscar como também experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Não vos conformeis com este mundo

Este versículo começa com uma espécie de alerta: não vos conformeis. Não se conformar significa não se acomodar com a situação, não se deixar levar por qualquer ideologia, resistir e se manter focado. O apóstolo Paulo exorta os cristãos de Roma, para não se esquecerem das promessas e sacrifício de Cristo, além da morada no céu que teremos (João 14:2) e nossa vida será muito melhor lá do que nesta terra. Mas a ênfase maior é "olhem para Cristo e sigam Ele em tudo".

Paulo, em outras palavras, também quer dizer, aquele que se conforma, perde a noção e perspectiva da esperança, da salvação e até mesmo o sacrifício de Jesus por todos. O alerta é que os cristãos vivem no mundo, mas não são do mundo. Os valores que o mundo preza não podem ser os valores de um cristão.

Não vos conformeis com este mundo significa, também, não entrar no esquema das conveniências, do relativismo, daquela ideia de se dar bem, passando por cima do outro. Os desejos pessoais são prioridades, ou seja, o "eu primeiro" em tudo. Infelizmente, muitas pessoas estão ligadas a esse mundo.

Entretanto, se realmente queremos ser transformados pela renovação da nossa mente e experimentar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus não podemos ser e estar conformados com este tipo de sistema de mundo, que é totalmente corrompido e longe dos valores bíblicos.

Há que ser luz no mundo (João 8:12), para mostrar às pessoas que não conhecem o Senhor, a alegria que não acaba, o exemplo de conduta de vida seguindo os passos e ensinamentos de Cristo e, ser uma espécie de ponte entre Deus e o não crente.

Mas transformai-vos pela renovação da vossa mente

O significado da palavra transformação neste versículo é algo como metamorfose, tal igual o processo da lagarta em borboleta. Percebemos a importância que o apóstolo Paulo destaca aqui. Trata-se de uma mudança radical da maneira pensar e viver e, para isso Paulo enfatiza que renovar a mente é o caminho para isso.

Vale lembrar que todo ser humano (não crente), de modo geral, tem uma maneira padronizada de pensar e viver, muito atrelada ao modo "mundano" que falamos acima. Logo, está corrompido e precisa ser renovado, ser restaurado, resgatado para assim, ter o padrão bíblico de pensamento e conduta de vida (2 Coríntios 5:17; Gálatas 6:15; Efésios 4:24; 1 Pedro 2:2).

Renovação é fazer com que algo fique como novo, recomeçar, inserir novas coisas, voltar como era. Logo, renovação da vossa mente passa por Jesus, pelas Escrituras e, ao lermos e estudarmos constantemente, somos gradativamente transformados à imagem de Cristo.

Portanto, nossa mente é um campo de batalha (2 Coríntios 10:4-5; 1 Pedro 5:8). Precisamos alimentá-la com a Palavra de Deus para assim, cada vez conhecermos ao Pai, termos a mente de Cristo e, não nos deixarmos influenciar por qualquer filosofia, ideologia que ouvimos. 

Boa, agradável e perfeita vontade de Deus

A ideia principal que o apóstolo Paulo destaca nesta parte do versículo é "para que você possa provar", isto é, experimentar, explorar, averiguar a perfeita vontade de Deus. Uma mente renovada ou se renovando é fundamental para uma "exploração com sucesso". A chave aqui é obediência. Sendo obedientes ao Senhor, certamente vamos começar a entender e experimentar da vontade Dele em nossa vida.

Há uma relação entre mente e coração que vale a pena refletirmos um pouco. Como o coração do homem é enganoso (Jeremias 17:9), pois pode estar preso nas modas e conduta do mundo, então não é adequado para experimentar a "boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Mas se o coração for renovado assim como a mente, então está apto para conhecer e fazer a vontade do Senhor, pois este tipo de coração e mente é o que vai entender e provar, a vontade de Deus.

A vontade de Deus está conectada aos princípios na Sua Palavra, aos mandamentos e significa o que o Senhor quer de nós (Efésios 1:4) que sejamos obedientes, fiéis, firmes, reconhecendo Ele como único Deus em nossa vida e sigamos os princípios bíblicos.

Perfeita vontade de Deus é livre de defeitos, é completa, consistente, santa. Agradável a Deus é aquilo que, certamente, vai ser da aprovação Dele.

O que aprendemos?

Vivemos no mundo sem ser do mundo, temos que ser "sal e luz", de maneira que Jesus seja visto em nós e glorificado. Precisamos renovar nossas mentes constantemente na Palavra de Deus, pois assim, certamente, vamos ouvir a voz do Senhor e reconhecer a boa, agradável e perfeita vontade de Deus para nossa vida.

Leia aqui sobre: Estudo sobre Jesus: o caminho, a verdade e a vida