Amar a Deus acima de tudo é ter a mentalidade correta e o agir correto, juntos, segundo a Bíblia!

É muito comum ouvirmos que devemos amar a Deus, ainda mais quando percebemos que a Bíblia dá muita ênfase nesse assunto. Diante disso, é natural se perguntar como podemos amar a Deus acima de todas as coisas, de todo coração, alma e forças.

Por ser um tema tão importante, a Bíblia também nos ensina de que maneira podemos amá-lo!

O maior mandamento

Jesus, o Filho de Deus, uma vez foi perguntado sobre o maior mandamento na Bíblia. Essa pergunta foi feita para por Jesus a prova, porque esperavam que ele fosse responder algo errado.

O que eles não esperavam é que o próprio Deus estava diante deles e lhes deu a melhor resposta possível.

"Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?"
Respondeu Jesus: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento'.
Mateus 22:36-37

A razão que Jesus dá para colocar este como o maior mandamento, e amar o próximo como a si mesmo como o segundo, é que toda a Lei e os Profetas de Israel se baseavam nesse princípio.

A grande surpresa para nós é que o maior mandamento não é um mandamento negativo (como "não faça isso"), mas ao contrário, o maior mandamento nos diz justamente o que devemos fazer. Jesus está citando Deuteronômio 6:5.

O problema é que amar a Deus de todo coração, alma e entendimento pode parecer muito subjetivo para muitas pessoas.

Veja também os 2 maiores mandamentos segundo Jesus Cristo.

A mentalidade correta

Para entendermos bem o amor de Deus, e o maior motivo que temos para amá-lo, devemos nos atentar a sua obra.

Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.
1 João 4:10

O maior motivador que temos para amar a Deus está no fato de que ele nos amou primeiro, e desse amor veio Jesus Cristo e seu sacrifício na Cruz em nosso lugar. Jesus Cristo é o próprio Deus, a segunda pessoa da Trindade, que se despiu de sua forma divina e incorporou a forma humana.

Jesus encarnou como homem, igual todos nós. Passou e venceu as tentações carnais e foi morto injustamente. Deus fez de Jesus propiciação pelo pecado da humanidade, e agora somos aceitos diante de Deus e entramos para a vida eterna!

Uma vez que entendemos a dimensão desse sacrifício, podemos confiar de que podemos amar livremente esse Deus. A partir disso, devemos encher nossos pensamentos das coisas do alto (como diz Paulo em Colossenses 3:1) e nutrirmos amor por Deus em nossos sentimentos.

O agir correto

A mentalidade correta precede o amor sincero por Deus. Mas o agir correto vem depois de amarmos a Deus, isso porque Jesus disse que:

"Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos.
João 14:15

Dessa forma podemos entender que para agirmos corretamente no Reino de Deus, devemos amá-lo acima de todas as coisas.

Uma vez que amamos a Deus, poderemos cumprir seus mandamentos de maneira mais leve e pura, e menos de uma maneira religiosa e robótica.

É por isso que Jesus colocou o amor a Deus como maior mandamento, porque ele é a base para cumprirmos todos os outros.

Você também pode gostar:

Mensagens de Deus - Palavras com imagens para compartilhar o amor de Deus;

Origem e o significado das 12 tribos de Israel;

O verdadeiro significado da Páscoa.