Na Bíblia encontramos vários exemplos de homens e mulheres de fé. Conhecemos os nomes de muitos deles e as obras que fizeram para a glória de Deus. Aqui veremos as histórias de Abraão, a Mulher cananéia (ou sirio-fenícia), Noé, Josué e Gideão.

Se você tem fé, deve demonstrar atitudes de confiança no Senhor e na Sua Palavra. Mas se você ainda não tem estas atitudes, hoje é o dia de pedir Jesus para lhe dar mais fé.

1. O exemplo de Abraão

Abraão (ou Abrão), também chamado de "Pai na fé" é um dos grandes nomes de homens de fé na Bíblia. Filho de Terá, ele foi pai do povo escolhido, de onde nasceria Jesus, o Salvador do mundo. Ele creu e foi justificado por Deus, pela fé:

Pois o que diz a Escritura? Ela diz: "Abraão creu em Deus, e isso lhe foi atribuído para justiça."
- Romanos 4:3

Abraão foi chamado por Deus e obedeceu. Ele deixou seu lar, sua família e amigos e foi para um lugar que não conhecia. Simplesmente porque o Senhor mandou:

Partiu, pois, Abrão, como o Senhor lhe havia ordenado. E Ló foi com ele. Abrão tinha setenta e cinco anos quando saiu de Harã.
- Gênesis 12:4

Isso implicou numa mudança radical na vida de Abraão. Se hoje ele é conhecido como Pai de uma grande nação, Israel, naquele momento ele era um homem velho imigrando, sem nenhum filho, andando rumo aos seus sonhos.

Abraão creu contra a esperança e apesar das circunstâncias. Ele e Sara já eram idosos, mas eles creram na promessa do filho.

Sara ficou grávida e deu à luz um filho a Abraão na sua velhice, no tempo determinado, de que Deus lhe havia falado. Ao filho que lhe nasceu, que Sara lhe dera à luz, Abraão deu o nome de Isaque.
- Gênesis 21:2-3

Por isso, também de um só homem, praticamente morto, saiu uma posteridade tão numerosa como as estrelas do céu e inumerável como a areia que está na praia do mar.
- Hebreus 11:12

Abraão também deu exemplo de generosidade, bondade e coragem, quando permitiu que seu sobrinho Ló escolhesse a terra (Gênesis 13:9), quando venceu os reis inimigos que levaram Ló cativo (Gênesis 14:14 -16), e quando deu o dízimo a Melquisedeque, o sacerdote do Deus altíssimo (Gênesis 14:20).

A fé de Abraão foi testada de uma maneira dura, mas de forma admirável, ele estava disposto a oferecer seu filho único Isaque a Deus:

Pela fé, Abraão, quando posto à prova, ofereceu Isaque. Aquele que acolheu as promessas de Deus estava a ponto de sacrificar o seu único filho, do qual havia sido dito: "A sua descendência virá por meio de Isaque."
Abraão considerou que Deus era poderoso até para ressuscitar Isaque dentre os mortos, de onde também figuradamente o recebeu de volta.
- Hebreus 11:17-19

Abraão passou nos testes, comprovando a sua fé. Assim também você pode mostrar sua fé confiante, obediente e não vacilante em Deus. Com a fé podemos agradar e adorar a Deus, nos relacionando com Ele:

Deus se alegra quando vê pessoas com fé

De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que recompensa os que o buscam.
- Hebreus 11:6

Quem tem fé adora a Deus em todos os momentos da sua vida, e não apenas nos momentos favoráveis. Devemos crer e amar ao Senhor por quem Ele é, e não pelo o que Ele faz nas nossas vidas. As circunstâncias não podem influenciar a nossa adoração a Deus. Se você ouvir um "sim", adore a Deus, se ouvir um "não", adore de igual maneira, pois Ele é digno e sabe o que é melhor para nós!

2. A história da mulher cananeia

Em Mateus 15:21-28 encontramos a história de uma mulher cujo nome a Bíblia não revela, mas que apesar disso, é conhecida por ter uma fé surpreendente. A única coisa que sabemos sobre ela é que era cananeia e tinha uma filha que estava endemoninhada.

Saindo dali, Jesus foi para a região de Tiro e Sidom.
E eis que uma mulher cananeia, que tinha vindo daqueles lados,
clamava: — Senhor, Filho de Davi, tenha compaixão de mim! Minha filha está horrivelmente endemoniada.
Jesus, porém, não lhe respondeu palavra. Então os seus discípulos, aproximando-se,
disseram: — Mande-a embora, pois vem gritando atrás de nós.
Mas Jesus respondeu: — Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.
Ela, porém, veio e o adorou, dizendo: — Senhor, me ajude!
Jesus respondeu: — Não é correto pegar o pão dos filhos e jogá-lo aos cachorrinhos.
A mulher disse: — É verdade, Senhor, pois os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.
Então Jesus exclamou: — Mulher, que grande fé você tem! Que seja feito como você quer. E, desde aquele momento, a filha dela ficou curada.
- Mateus 15:21-28

Nesta passagem bíblica, vemos que esta mulher estava determinada a lutar pela sua filha, por isso recorreu a Jesus, pedindo que a curasse. O seu motivo era válido, no entanto os discípulos disseram a Jesus para mandá-la embora, mas não foi isso que Ele fez. Jesus testou a fé daquela mulher.

Ela não desistiu, mas se aproximou de Jesus com fé que Ele era o único que poderia resolver o seu problema. Muitas vezes na vida desistimos facilmente, não lutamos pela nossa família e pelas pessoas à nossa volta.

Quem tem fé adora seja qual for a circunstância

Na vida, muitas vezes as coisas não acontecem de acordo com as nossas expectativas. Jesus pareceu dar um forte "não" ao pedido desta mulher. Ele mencionou que veio para salvar as ovelhas perdidas de Israel, pois não era o momento de se revelar aos gentios ainda.

Mas qual foi a reação dela? Ela prostrou-se aos pés de Jesus e adorou-O. Mesmo depois da afirmação que os judeus teriam que ser alimentados primeiro e depois os cachorrinhos, a mulher não desistiu e o adorou. Ela poderia ter ficado ofendida, podia ter virado as costas, mas ela deu uma resposta que tocou o coração de Jesus.

— "Senhor, me ajude!"

O pedido de ajuda à pessoa certa é uma prova equilibrada de fé e confiança. Jesus é a solução e a resposta verdadeira. Por isso é importante perseverar em oração diante de Deus.

Mas observe,apesar de sermos encorajados a perseverar, temos que ter cuidado e não perseverar no que é errado. Se pedirmos algo e Deus disser "Não", mas mesmo assim nós insistirmos, seremos prejudicados pela nossa insistência. Outras vezes, Deus pode dizer "Agora não", porque não é o tempo certo de recebermos aquilo que estamos pedindo.

O ideal é encontrar o equilíbrio. Como podemos ter a certeza quando perseverar ou não? Em primeiro lugar devemos ver se aquilo que pedimos concorda com a vontade de Deus. O que é de Deus nos traz paz, o que não é, nos deixa intranquilos. De qualquer forma, se você não tem a certeza, peça sabedoria a Deus e peça também conselho a um líder sábio (e que vive de acordo com a Palavra de Deus) para lhe ajudar a tomar uma decisão.

Quando Jesus viu a fé e determinação daquela mulher, Ele reagiu: "Mulher, grande é a sua fé!". Imaginem como seria fantástico ouvir isto da parte do Autor e consumador da nossa fé (Hebreus 12:2)!

A mulher cananeia não fazia parte do povo de Israel, mas mesmo assim, obteve a vitória e a bênção que ela procurava, tudo porque ela demonstrou a sua fé.

Lembre-se disto: aconteça o que acontecer, Jesus nunca fica indiferente à sua fé!

3. O exemplo de Noé

Noé foi o construtor de uma grande arca (barco). Ele foi um homem notável e demonstrou uma fé persistente. Devido à maldade e degeneração da sociedade de sua época, Deus revelou a Noé que enviaria um grande dilúvio para destruir a raça humana (Gênesis 6:1-7). No meio dessa corrupção, a fé de Noé brilhou aos olhos de Deus, concedendo-lhe salvação:

Pela fé, Noé, divinamente instruído a respeito de acontecimentos que ainda não se viam e sendo temente a Deus, construiu uma arca para a salvação de sua família. Assim, ele condenou o mundo e se tornou herdeiro da justiça que vem da fé.
- Hebreus 11:7

Reflita bem como a fé funciona, ela crê antes de ver algo que lhe credite. Noé tinha uma tarefa árdua, estranha e grandiosa: construir um barco imenso onde a sua vida, família e representantes dos animais seriam salvos. Noé e seus filhos passaram anos construindo essa embarcação. Provavelmente era zombado pelas pessoas malvadas e incrédulas que o cercavam. Mas creu em Deus, sem desanimar, e provavelmente pregava a justiça divina:

E ele não poupou o mundo antigo, mas preservou Noé, pregador da justiça, e mais sete pessoas, quando fez vir o dilúvio sobre o mundo de ímpios.
- 2 Pedro 2:5

Imagem de Noé advertindo o povo sobre a justiça de Deus - 2 Pedro 2:5.  Ao fundo a arca sendo construída

A fé em Deus deve estar acima das circunstâncias contraditórias, das críticas e da rejeição. Noé apegou-se a Deus, andava com Ele, por isso creu e obedeceu ao Ele lhe ordenou:

Porém Noé encontrou favor aos olhos do Senhor. São estas as gerações de Noé. Noé era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus.
- Gênesis 6:8-9

Disponha-se também a andar com Deus na jornada da vida, pela fé. Isso fará toda a diferença em você e na sua família.

4. A história de Josué

Josué (Oseias) foi outro grande exemplo de fé e coragem na Bíblia. Chefiou o exército do Senhor e foi o sucessor de Moisés na liderança de Israel. Josué era o filho de Num, da tribo de Efraim (Números 13:8-16).

Josué acompanhava Moisés como uma auxiliar, mas nessa caminhada passou a conhecer a Deus pessoalmente. Ele buscava sempre a presença do Senhor:

O Senhor falava com Moisés face a face, como quem fala com o seu amigo. Depois Moisés voltava para o arraial. Porém o moço Josué, seu auxiliar, filho de Num, não se afastava da tenda.
- Êxodo 33:11b (grifo nosso)

Conhecer a Deus é uma prova de ter fé Nele. Como vimos no exemplo de Noé, andar com Deus muda toda uma vida, transforma as perspectivas que temos, tornando-nos mais confiantes em Deus do que em nós mesmos.

Josué foi um dos 12 espias enviados para fazer o reconhecimento da Terra prometida. Mas somente ele e Calebe deram um relatório positivo, concordando com a promessa de Deus:

E Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, que eram daqueles que espiaram a terra, rasgaram as suas roupas e falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: — A terra pela qual passamos para espiar é terra muitíssimo boa.
Se o Senhor se agradar de nós, então nos fará entrar e nos dará essa terra, que é uma terra que mana leite e mel. Tão somente não sejam rebeldes contra o Senhor e não tenham medo do povo dessa terra, porque, como pão, os podemos devorar; a proteção que eles tinham se foi. O Senhor está conosco; não tenham medo deles.
- Números 14:6-9

Por essa atitude de fé, somente Josué e Calebe entraram na terra prometida, de toda aquela geração.

Vocês não entrarão na terra na qual jurei que os faria habitar, com a exceção de Calebe, filho de Jefoné, e Josué, filho de Num.
- Números 14:30

Depois da morte de Moisés, Josué foi designado líder e encorajado pelo Senhor para conduzir o povo até Canaã. Quatro acontecimentos sobrenaturais demonstraram que Deus estava com ele:

  • o rio Jordão abriu-se para dar passagem aos israelitas (Josué 3:14-17)
  • O Anjo do Senhor apareceu-lhe para o instruir na conquista de Jericó (Josué 5:13-15, Josué 6:2-5)
  • os muros de Jericó caem, depois que Josué e o povo obedeceram às ordens do Senhor (Josué 6:12-21)

Pela fé, ruíram as muralhas de Jericó, depois de rodeadas por sete dias.
- Hebreus 11:30

  • Deus atendeu a oração de Josué pedindo que o sol parasse:

E o sol se deteve, e a lua parou até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isso escrito no Livro dos Justos? O sol se deteve no meio do céu e não se apressou a pôr-se, por quase um dia inteiro.
Não houve dia semelhante a este, nem antes, nem depois dele, tendo o Senhor, assim, atendido à voz de um homem; porque o Senhor lutava por Israel.
- Josué 10:13-14

As conquistas de Josué sobre os inimigos de Israel podem ser comparadas às batalhas que os cristãos enfrentam em suas vidas. A vitória de Josué foi obtida pela fé, tal como a vitória do cristão:

Quem tem fé em Cristo Jesus é mais que vencedor

Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo. E esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.
-1 João 5:4

A Bíblia afirma que nós somos mais que vencedores por meio de Cristo Jesus. Mas ninguém pode ser declarado vencedor de alguma coisa se não existe uma luta, competição ou disputa. Neste mundo vamos ter lutas, vamos ter aflições, mas se nós temos fé e estamos firmes em Jesus, sabemos que a vitória já é nossa!

5. O exemplo de Gideão

Gideão foi um homem de fé, chamado por Deus para libertar a nação de Israel. Era filho de Joás da tribo de Manassés e foi um dos juízes do povo (Juízes 6:11). Pediu muitas provas e sinais até confiar no Senhor, plenamente. Gideão tornou-se num poderoso e valente guerreiro.

Israel tinha abandonado ao Senhor, mas estava atemorizado com as afrontas e ataques dos midianitas. Naqueles dias, viviam uma condição muito difícil, então clamaram ao Senhor (Juízes 6:1-5) e um profeta foi enviado para repreender o povo (Juízes 6:7-10). Gideão tenta dar desculpas, mas Deus afirma que estará com ele e vencerá os midianitas:

Gideão respondeu: — Ah! Meu Senhor! Como livrarei Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu sou o menor na casa de meu pai.
Mas o Senhor disse: — Já que eu estou ao seu lado, você derrotará os midianitas como se fossem um só homem.
- Juízes 6:15-16

Deus ordena que Gideão destrua o altar de Baal (que era de seu pai) e uma imagem da deusa Aserá. Também manda que construa um altar ao Senhor (Juízes 6:24-28). Gideão faz isso à noite, foi ameaçado pelos idólatras do povo, mas é salvo pela intercessão de seu pai.

Apesar de saber que Deus estava com ele, Gideão ainda não confiava plenamente. Ele pediu sinais através de um pedaço de lã (Juízes 6:36-40) para confirmar se deveria mesmo lutar contra os midianitas. Deus dá os sinais, mas depois prova duramente a fé de Gideão. O seu exército seria reduzido de 32 mil para apenas 300 homens!

Quando Gideão ouviu o relato desse sonho e o seu significado, adorou a Deus. Voltou para o arraial de Israel e disse: — Levantem-se, porque o Senhor entregou o arraial dos midianitas nas mãos de vocês.
- Juízes 7:15

Assim aconteceu, Deus livrou todo o povo de Israel através de 300 homens sem espadas ou armas. Eles tinham apenas uma trombeta e um vaso com uma tocha nas mãos. Quando tocaram e quebraram os vasos no chão, Deus trouxe um pavor e confusão entre os midianitas que começaram a atacar seu próprio exército.

Quando os trezentos israelitas tocaram as trombetas, o Senhor fez os guerreiros que estavam no acampamento lutarem uns contra os outros com suas espadas. Os que sobreviveram fugiram para lugares distantes como Bete-Sita, perto de Zererá, e para a divisa de Abel-Meolá, perto de Tabate.
- Juízes 7:22

Assim, os midianitas foram subjugados pelos filhos de Israel e nunca mais levantaram a cabeça. E a terra ficou em paz durante quarenta anos nos dias de Gideão.
- Juízes 8:28

Essa é mais uma prova do grande poder de Deus, que guerreia as guerras do Seu povo. Mas para isso precisamos andar com Ele, confiar, obedecer e perseverar.

Entenda melhor o enredo da história de Gideão neste vídeo:

Que possamos, assim como esses 5 exemplos de fé, confiar plenamente no Senhor. Que apesar das circunstâncias, você não desista de crer. Mas, confie e se prostre humildemente perante Jesus, clamando até obter a sua vitória!

Leia também: