Morrer significa cessar a vida, deixar de existir, de ter consciência. Quando uma pessoa é dada como morta, perdem-se os sinais vitais e seu corpo e espírito são separados. Como dito em Eclesiastes 12:7, "o corpo volta ao pó e o espírito volta para Deus que o deu".

O que diz a Bíblia sobre a morte?

Segundo a Bíblia, a morte é uma consequência física devido ao pecado originário cometido pelo homem. Essa é a razão na qual morremos: o pecado. Como dito em Romanos 6:23, "o salário do pecado é a morte".

Em Gênesis 2:16-17 Deus disse, “coma livre­mente de qual­quer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conheci­mento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certa­mente você morrerá”.

A corrupção cometida pelo homem nos tornou mortais. Com isso, o pecado teve uma consequência universal e todos os seres humanos estão condenados a morte.

Quando Adão e Eva pecaram, todos pecaram. O apóstolo Paulo explica diretamente sobre esta condição:

Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim também a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram;
- Romanos 5:12

Esta dura realidade, a morte física, acarreta separação do corpo de espírito. Segundo a Bíblia, o corpo fica neste plano terreno - pó da terra - e a alma retorna ao Criador.

Agora, a morte física não é o fim. Após a morte física existem duas possibilidades: a morte eterna ou a vida eterna. Ambas são consequências das nossas escolhas em vida.

Veja mais: Versículos sobre a morte

O que a Bíblia diz sobre o luto e quanto tempo dura?

Uma das formas de reagirmos à morte é através do luto. O momento de luto está na Bíblia e deve ser respeitado.

No trecho de Eclesiastes 7:2 diz que “é melhor ir a uma casa onde há luto do que a uma casa em festa”. É no período do luto que refletimos sobre coisas que realmente importam: a vida, a morte e a eternidade.

A vida não termina na morte física, por isso o luto deve ser movido pela saudade, pela falta, não por medo ou desespero.

O Salmo 34:18 diz, que "o Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido". Não esqueça que Deus está ao seu lado em todos os momentos, os bons e os maus.

A Bíblia não determina um período exato para o luto, este momento pode variar de pessoa para pessoa. Agora, se o tempo de luto for extenso, prejudicando a saúde mental da pessoa, é necessário ajuda. Lembre-se: o luto e a tristeza são lugares de passagem, e não de morada.

Se você está de luto, chore, respeite este momento. Deixe o Espírito Santo confortar o seu coração. Para isso, mesmo triste, mantenha-se em contato com Deus e com a Sua Palavra. Jesus Cristo quer enxugar as suas lagrimas e te consolar:

Bem-aventurados
os que choram,
pois serão consolados.
- Mateus 5:4

Todos passaremos por momentos de tristeza e dor, mas com Cristo é possível atravessá-los tendo como alvo a esperança e a promessa da vida eterna, “pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” Romanos 6:23.

A Bíblia fala sobre a morte e o luto em várias passagens. Veja: Versículos sobre o luto

Morte eterna x Vida eterna

Nascer, viver e morrer. Desde então este era o ciclo da humanidade. A Bíblia nos revela que esta ordem foi quebrada por Jesus Cristo. Ele nasceu como homem e esteve condicionado as nossas limitações. Foi condenado, morto, mas ressuscitou por meios próprios!

Através dessa vitória, a morte que nos aprisionava, não faz mais efeito. Ou seja, a condição do velho homem (Adão), foi superada por Jesus.

Portanto, visto que os filhos são pessoas de carne e sangue, ele também participou dessa condição humana, para que, por sua morte, derrotasse aquele que tem o poder da morte, isto é, o Diabo, e libertasse aqueles que durante toda a vida estiveram escravizados pelo medo da morte.
- Hebreus 2:14-15

Quando Jesus venceu a morte, todos venceram através dele. Da mesma forma que todos foram condenados a morte por Adão, recebemos a vitória sobre a morte por meio de Cristo Jesus.

Sou Aquele que Vive. Estive morto, mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do Hades.
- Apocalipse 1:18

Através de Jesus recebemos a vida eterna. Com isto, a morte física não é mais o fim, temos uma eternidade para vivermos com Jesus.

Para vencermos a morte não são necessários obras ou mérito, recebemos de graça! Basta crermos em Jesus como Senhor e Salvador das nossas vidas.

Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso?"
- João 11:25-26

Pelo pecado, estávamos condenados a morte eterna (física e espiritual). Mas, com Jesus, tivemos acesso à vida eterna e a morte física não é mais suficiente.

Enquanto a morte eterna acarreta total e permanente afastamento da presença do Senhor, a vida eterna é justamente a aproximação de Deus.

Na morte eterna não há possibilidade de conversão, depois a morte física, consequentemente vem a morte espiritual. Já na vida eterna, após a morte física, estaremos para todo o sempre em comunhão com Deus.

Ambas as condições são imutáveis, por isso, a escolha que tomamos em vida terá consequência para toda eternidade.

Por isso, não perca tempo, aceite a Jesus como o seu Salvador e desfrute da graça da vida eterna.

Veja também: