Yahweh é considerado o nome próprio de Deus. "Eu sou o que sou" é a designação mais específica para o Deus da Bíblia (Êxodo 3:14-15). Outros nomes são apresentados para qualificar os infindáveis atributos de Deus, mas Yahweh parece guardar um significado mais profundo e enigmático sobre o Eterno Senhor.

Neste estudo vamos analisar esse tesouro e conhecer mais sobre, Yahweh, o Grande "EU SOU" através da Bíblia.

Quem é YAHWEH?

Nenhum personagem é mais central e mais importante no cenário bíblico do que Deus. A despeito das muitas maneiras de denominá-lo, e das muitas traduções nos diversos idiomas existentes, o Deus único, Eterno e Supremo é o criador do universo. Ele é absolutamente quem Ele é

Yahweh é o Deus da Bíblia, que se revelou à humanidade através da Criação, dos seus feitos milagrosos e dos princípios descritos na Escritura Sagrada. Ele é o Deus triuno que se manifestou através do amor do Pai, da graça salvadora do Filho encarnado, Jesus Cristo e do senhorio e comunhão do Espírito Santo.

Na Nova Aliança, Jesus se identifica com Yahweh, o EU SOU, com mesmo poder, autoridade e glória. Assim também temos a consciência da presença real de Deus conosco através do dom do Espírito Santo que habita no nosso meio.

Tetragrammaton

Ou Tetragrama Sagrado é o nome formado por 4 letras, "YHWH", no hebraico antigo. Trata-se de uma representação na linguagem para identificar o Eterno Deus. A maioria das traduções bíblicas usa "Senhor" (Adonai - heb. e Kyrios - gr.) como equivalente de Yahweh.

A origem

Esse nome originou-se da resposta dada por Deus a Moisés, quando este estava a ser enviado para libertar o povo de Israel do Egito. O Senhor Deus deu-se a conhecer por meio dessa expressão - "YHWH" - que significa "EU SOU O QUE SOU": 

Deus disse a Moisés:
Eu Sou o Que Sou. Disse mais: Assim você dirá aos filhos de Israel: Eu Sou me enviou a vocês.
Deus disse ainda mais a Moisés:
Assim você dirá aos filhos de Israel: O Senhor, o Deus dos seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me enviou a vocês. Este é o meu nome eternamente, e assim serei lembrado de geração em geração.
Êxodo 3:14,15

O significado do Tetragrama

A resposta de Deus, por um lado pode significar um enigma, algo como "por que perguntas o meu nome? Eu Sou quem sou e serei eternamente". 

Por outro, também parece se relacionar com o que foi dito anteriormente a Moisés - "Eu estarei com você... Sou Eu quem o envia" (Êxodo 3:11-12). E também ao que deveria ser dito aos israelitas: - "EU SOU o Senhor, o Deus dos seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó". A ideia implícita aqui remete a: "Sou o Deus eterno que fui com seus antepassados, estou e também estarei convosco, de geração em geração". 

Nessas duas possibilidades aprendemos que Deus é imensurável e incompreensível mas, promete estar presente com o seu povo. Através da comunhão com Ele, passamos a conhecê-lo pessoalmente.

YAHWEH - SER absoluto de Deus

No contexto bíblico, o nome descreve algo muito específico sobre a pessoa. Mais que uma simples denominação, outros dados importantes podem ser prenunciados através do nome de alguém. Além da identidade, o nome também remete à reputação, fama, caráter, atitude e honra (confiabilidade) da pessoa.

Moisés entendeu que isso não se descobre apenas de "ouvir falar" ou num encontro apenas. Mas é na caminhada que conhecemos o caráter e as atitudes do Senhor. Foi assim com Abraão, Isaque, Jacó, conheceram o "renome" de Deus. E é assim que Ele quer ser reconhecido pelos seus. 

O sentido enigmático da expressão: "Eu sou quem sou" revela a existência real e concreta de Deus. Diferente de divindades criadas nas religiões, o Deus Soberano não é abstrato nem inativo. Ele é o Criador, o seu poder não tem limites nem está restrito a áreas específicas (como os deuses criados: dos mares, do sol, da tempestade, da fecundidade, etc).

Ele é o Deus todo-poderoso, com autoridade sobre tudo e todos. Sem início nem fim. Ele é o Senhor de toda a existência. Ele é Aquele que é, era e será eternamente (Hebreus 13:8). 

Conhecendo mais a Yahweh

Os que conhecem o teu nome confiam em ti, pois tu, Senhor, jamais abandonas os que te buscam.
Salmos 9:10

Moisés ainda não conhecia pessoalmente o Deus de seus antepassados, mas possivelmente já tinha tido contacto com as divindades egípcias. Educado pela filha do Faraó, Moisés teria conhecido de perto várias culturas religiosas do Egito e de outros povos. Então, nesse primeiro contacto pessoal com o Deus verdadeiro, ele quis saber como identificar o Senhor.

Mas a resposta misteriosa de Deus, EU SOU O QUE SOU, revela que Ele é muito mais poderoso e glorioso que se possa supor. Ele não está no mesmo nível dos falsos deuses das nações, pois é infinitamente superior! 

A revelação parcial de Yahweh no AT

No Antigo Testamento (AT), a história de Deus com a humanidade vai sendo pouco a pouco revelada. O Seu nome, bem como as suas características, qualidades e reputação vão sendo progressivamente mostradas nas Escrituras.

Em diversos episódios no Antigo Testamento Deus se manifestou, falou, defendeu, protegeu, interferiu, consolou e advertiu o seu povo (Veja muitos encontros - Isaque, Jacó, Moisés e Arão, Josué e Gideão (Gn. 26.3, 31.3; Êx. 3.12, 4.12, 15; Dt. 31.23; Js. 1.5, 3.7; Jz. 6.16). Do Pentateuco, os 5 primeiros livros, até os Profetas (encerrado com Malaquias), Deus vai se manifestando aos povos com amor e justiça.

A revelação completa de "EU SOU" no NT

Deus Através da Sua intervenção no mundo e do Seu relacionamento com o Seu povo (e com gentios), Deus deu a conhecer traços da Sua autoridade, poder, misericórdia, justiça, soberania e amor. Deus é único em 3 pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo são revelados dessa forma misteriosa na Bíblia. 

No Novo Testamento, com a vinda de Jesus Cristo, o Deus encarnado, e do Espírito Santo vemos a manifestação completa e pessoal de Yahweh ao mundo. Ele veio para salvar o seu povo que estava perdido, concedendo perdão e nova vida a todos os que creem. 

Como vemos nas Escrituras, Yahweh, "EU SOU" é o único Deus verdadeiro, que vai transparecendo àqueles que se relacionam com Ele, por meio da fé, na pessoa do Pai, de Jesus e do Espírito Santo:  

YAHWEH Antigo Testamento Novo Testamento
Criador do Universo Gênesis 1:1; 2:4, Jó 9:9, Isaías 40:28 João 1:3, Colossenses 1:16
Deus adorado e reverenciado Gênesis 4:26; Jeremias 10:10, Salmo 89 João 1:18, João 20:28, Lucas 24:52
Deus que escolhe e chama Gênesis 12:1-3, Ex. 3:4, Deuteronômio 7:6 Marcos 3:14, João 15:16, Efésios 1:4, 1 Tessalonicenses 1:4
Deus de Aliança Gên. 9:16; 17:2; Êx. 6:4-8, Núm. 25:12, Jz 2:1-2, Jr. 31:31 Mateus 26:28, Hebreus 9:20, 12:24
Deus que faz milagres  Êxodo 7:14 -14:31; 2 Reis 4 e 5, Jó 5:9 Lc 7:14-15,19:37, João 11:43-44
Deus é a verdade e o caminho justo Deuteronômio 32:4 João 14:6, João 16:13
Deus da Salvação Isaías 12:2-3, Salmos 118:14 1 Tess. 5:9, Judas 1:25
Deus Presente Deuteronômio 31:8, Isaías 43:5 Mat. 28:20, Jo. 14:17-18,
Deus que ama incondicionalmente Êxodo 34:6, Isaías 54:10, Salmos 36:7, João 3:16, 17:27, 1 Jo.4:9-10

A essência, excelência e glória de Deus (Pai, Filho e Espírito Santo) ainda é um mistério, um enigma que vamos descobrindo à medida que vamos caminhando com Yahweh. Pela fé, cremos que num tempo futuro, entenderemos o mistério do seu Nome, pois O conheceremos tal como somos conhecidos: 

Agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho; mas, então, veremos face a face. Agora conheço em parte; então, conhecerei plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido.
1 Coríntios 13:12

Veja também: YHWH - o significado do Tetragrama na Bíblia