A família é um projeto de vida criado por Deus antes de o pecado fazer parte da humanidade. Hoje, mesmo vivendo num mundo extremamente conturbado, podemos desfrutar de um ambiente familiar saudável.

Texto: Efésios 5:22-6:4

Objetivo: Levar os ouvintes a decisão de quererem vivenciar os pilares fundamentais do relacionamento familiar.

Tema: Os 4 pilares da família estruturada.

Introdução

1. Ilustração: Os alicerces de uma casa.

Assim como uma casa precisa ter bons alicerces para permanecer em pé, uma família também necessita de bons pilares para ficar firme.

2. Argumentação:

  • O nosso fundamento é Jesus Cristo.
  • Sobre esse fundamento a Palavra de Deus nos orienta a levantarmos quatro pilares que poderão dar sustentação a nossa casa (família).

3. Ideia chave:

Precisamos colocar em prática os pilares essenciais de uma família descritos na Palavra de Deus, para podermos desenvolver um ambiente familiar saudável em nossas casas.

Pilares de uma família estruturada descritos na Palavra de Deus

I. O amor do marido pela esposa

Maridos, ame cada um a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, e para apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. Da mesma forma, os maridos devem amar cada um a sua mulher como a seu próprio corpo. Quem ama sua mulher, ama a si mesmo. Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo.
Efésios 5:25-30

1. Na língua portuguesa a palavra "amor" possui vários significados.

2. A Bíblia foi originalmente escrita em grego koiné (comum), e no grego a palavra "amor" possui vários sentidos. Os quatro principais são:

  • "Eros" (amor romântico, paixão no relacionamento de um casal)
  • "Filia" (amizade e companheirismo entre amigos e irmãos)
  • "Storge" (afeição e afeto entre pais e filhos)
  • "Ágape" (amor divino e sacrificial de Deus pelos homens)

3. O termo usado pelo apóstolo Paulo nesse texto de Efésios 5:25-30, é "ágape".

4. Esse amor é o amor de Deus pelo homem.

5. "Ágape" possui alguns sentidos práticos:

  • É uma decisão
  • É um compromisso
  • Exige ação
  • É incondicional

6. Esses quatro sentidos independem dos sentimentos.

7. O modelo desse amor é o amor de Cristo pela Igreja (v. 25).

8. É com esse amor sacrificial que o marido deve amar a sua esposa.

II. O respeito da esposa pelo marido

Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador. Assim como a igreja está sujeita a Cristo, também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos.

Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a você mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito.
Efésios 5:22-24, 33

1. A submissão feminina é a causa de muita controvérsia.

2. Se analisarmos a conclusão que o apóstolo Paulo faz no versículo 33 desse texto, perceberemos que submissão nada mais é que respeito.

3. A diferença entre o homem e a mulher é funcional e não posicional.

  • O homem e a mulher tem funções diferentes no contexto familiar.
  • O homem não é superior à mulher e nem a mulher é superior ao homem.

4. Submissão significa ter respeito à posição de liderança estabelecida por Deus para o homem.

5. A mulher que não respeita o marido influencia os filhos a não respeitarem às autoridades: o pai, professores, líderes e o próprio Deus.

III. A educação dada pelos pais no convívio com os filhos

Pais, não irritem seus filhos; antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor.
Efésios 6:4

1. Os pais devem ter cuidado para não provocar a ira nos filhos.

2. Dois aspectos podem causar a ira nos filhos:

2.1. A falta de educação

A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe.
Provérbios 29:15

2.2. O exagero na educação

Castiga a teu filho, enquanto há esperança, mas não te excedas a ponto de matá-lo.
Provérbios 19:18

3. A educação envolve dois aspectos:

3.1. A instrução formativa

Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.
Provérbios 22:6

3.2. A disciplina corretiva

O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo, o disciplina.
Provérbios 13:24

4. A instrução formativa deve anteceder a disciplina corretiva:

A criança precisa saber o que é errado, antes de ser corrigida pelo erro que cometeu.

5. A instrução e a correção devem acontecer equilibradamente:

Alguns pais têm a tendência de enfatizar mais a instrução, e outros têm a tendência de enfatizar mais a correção.

IV. A obediência dos filhos na relação com os pais

Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo. Honra teu pai e tua mãe este é o primeiro mandamento com promessa para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra.
Efésios 6:1-3

1. A Palavra de Deus nos diz que os filhos devem obedecer aos seus pais.

2. Logo a seguir, citando Êxodo 20:12, o apóstolo Paulo diz que os filhos devem honrar os pais.

3. Honrar é mais que obedecer, mas o filho que obedece está honrando os pais.

4. O texto enfatiza que esse é um mandamento com promessa: para que tudo corra bem e o filho tenha uma vida longa.

5. Deus é Pai e zela pela autoridade paterna.

Conclusão

1. Passagem paralela:

Estes mesmos quatro pilares aparecem em Colossenses 3:18-21.

Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como convém a quem está no Senhor.

Maridos, ame cada um a sua mulher e não a tratem com amargura.

Filhos, obedeçam a seus pais em tudo, pois isso agrada ao Senhor.

Pais, não irritem seus filhos, para que eles não desanimem.
Colossenses 3:18-21

2. Argumentação:

  • Esses são os 4 pilares do ambiente familiar saudável.
  • Sempre que uma família revela alguma desestrutura crônica ou passageira, algum desses pilares está sendo negligenciado.

3. Ideia chave:

Precisamos colocar em prática os pilares essenciais de uma família descritos na Palavra de Deus, para podermos desenvolver um ambiente familiar saudável em nossas casas.

Veja também: