TEXTO: Marcos 4:35-41

TÍTULO: Jesus acalma a tempestade.

TEMA: Como enfrentar com maturidade as tempestades da vida.

OBJETIVO: Levar os ouvintes a buscar um conhecimento consistente da vida e da obra de Jesus, para poderem enfrentar com maturidade as tempestades da vida.

Introdução

1. Argumentação:

  • Jesus chama os discípulos para atravessar o Mar da Galileia:

Marcos 4:35

Naquele dia, sendo já tarde, Jesus disse aos discípulos: — Vamos passar para a outra margem.

  • Os discípulos prontamente obedecem a Jesus: Marcos 4:36
  • Conforme o relato no Evangelho de Mateus, os discípulos seguem a Jesus:

Mateus 8:23

Jesus entrou no barco e os seus discípulos o seguiram.

  • O texto a seguir diz que se levanta uma grande tempestade:

Marcos 4:37a

Ora, levantou-se grande temporal de vento...

2. Contextualização:

  • O fato de seguirmos Jesus não nos isenta de enfrentarmos tempestades nessa vida.

3. Interpretação:

  • Os discípulos reagem desesperadamente, e são repreendidos por Jesus:

Marcos 4:40

Então Jesus lhes perguntou: — Por que vocês são tão medrosos? Como é que ainda não têm fé?

  • Os discípulos reagiram dessa forma porque tinham um conhecimento inconsistente sobre quem era Jesus e qual era a Sua missão.
  • O questionamento dos discípulos após o milagre revela essa realidade:

Marcos 4:41

E eles, possuídos de grande temor, diziam uns aos outros: — Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?

4. Aplicação:

  • Precisamos ter um conhecimento consistente da vida e da obra de Jesus para podermos enfrentar com maturidade as tempestades da vida.

5. Afirmação principal:

  • Quando temos um conhecimento consistente da vida e da obra do Senhor Jesus, nos tornamos capazes de enfrentar com maturidade os obstáculos que se levantam diante das tempestades que surgem na nossa vida.

6. Sentença de transição:

  • Existem dois obstáculos que normalmente se levantam, quando surge uma tempestade em nossa vida: o medo e a ansiedade.
  • Tendo como base esse acontecimento descrito em Marcos 4:35-41, analisaremos as condições para vencermos o medo e superarmos a ansiedade:

I. Para vencermos o medo, precisamos ter uma fé fundamentada num conceito claro sobre a identidade de Jesus.

1. O medo e a incredulidade sempre andam juntos:

Marcos 4:40

Então Jesus lhes perguntou: — Por que vocês são tão medrosos? Como é que ainda não têm fé?

2. Analisemos as circunstâncias:

  • Os discípulos eram, na sua maioria, pescadores experientes que conheciam aquele lugar e a vida no mar.
  • Como eles acreditaram que poderiam morrer, podemos afirmar que a tempestade era impressionante e assustadora.

Veja a provável causa da tempestade.

  • Por isso eles despertaram Jesus de forma acusatória:

Marcos 4:38b

Os discípulos o acordaram e lhe disseram: — Mestre, o senhor não se importa que pereçamos?

  • Diante do poder de Jesus, eles questionam:

Marcos 4:41b

"Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?"

3. A incredulidade dos discípulos estava relacionada com o fraco conceito que eles tinham a respeito de quem era Jesus.

4. Precisamos conhecer, verdadeiramente, quem é Jesus.

5. Esse conhecimento vai nos dar condições de vencermos o medo.

II. Para superarmos a ansiedade, precisamos aprender a descansar em Deus tendo uma clara percepção da nossa identidade em Jesus.

1. A ansiedade não nos permite descansar.

2. Analisemos a situação:

  • O vento e as ondas se arremessavam contra o barco.
  • O barco já estava a se encher de água:

Marcos 4:37

...e as ondas se arremessavam contra o barco, de modo que o mesmo já estava se enchendo de água.

  • Jesus estava na popa do barco dormindo sobre um travesseiro em meio a tempestade:

Marcos 4:38

E Jesus estava na popa, dormindo sobre o travesseiro...

3. Jesus conseguia dormir em meio à tempestade porque tinha uma percepção clara de Si mesmo (Sua identidade).

4. Essa consciência de si mesmo permitia que Ele visse com clareza a Sua missão (o propósito do Pai para Ele).

5. Ele sabia que a Sua hora ainda não havia chegado e que não seria naquela tempestade que Ele morreria.

6. Quando temos uma percepção clara da nossa identidade em Jesus e do propósito do Senhor para as nossas vidas, também poderemos descansar, mesmo em meio a uma tempestade na vida.

7. Qual deve ser a nossa identidade espiritual:

Efésios 1:20-21; 2:6

1:20 Ele exerceu esse poder em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nas regiões celestiais,

1:21 acima de todo principado, potestade, poder, domínio e de todo nome que se possa mencionar, não só no presente século, mas também no vindouro.

2:6 e juntamente com ele nos ressuscitou e com ele nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo Jesus.

Conclusão

1. Argumentação:

  • O medo pode ser vencido e a ansiedade pode ser superada.
  • A consciência de quem é Jesus nos ajuda a vencer o medo.
  • A consciência de quem somos, em Jesus, nos capacita a superarmos a ansiedade.

2. Afirmação principal:

  • Quando temos um conhecimento consistente da vida e da obra do Senhor Jesus, nos tornamos capazes de enfrentar com maturidade os obstáculos que se levantam diante das tempestades que surgem na nossa vida.

Para aprofundar seu conhecimento sobre esse acontecimento, veja:

Jesus Acalma a Tempestade (Estudo Bíblico)

Veja também:

Como avançar no ministério!