Certa vez Jesus contou uma parábola sobre um homem rico que saiu de viagem e confiou seu dinheiro a 3 de seus servos. O primeiro servo recebeu 5 talentos (cerca de 175 quilos) de ouro, o segundo recebeu 2 talentos (70 quilos) e o terceiro recebeu 1 (35 quilos). Esse senhor era muito rico!

Passado muito tempo, o senhor voltou para casa e pediu contas aos seus servos. O primeiro servo mostrou como tinha investido seus 5 talentos e ganhado outros 5. O segundo servo também tinha investido e duplicado seus 2 talentos. Por isso, eles receberam os parabéns de seu senhor e foram recompensados. Mas o terceiro servo continuava apenas com 1 talento. Porquê?

Ele tinha enterrado o dinheiro! Por medo de seu senhor e sem querer fazer nada por ele, o terceiro servo tinha decidido que a opção mais segura era não mexer no dinheiro. O senhor ficou muito zangado e lhe disse que deveria ter investido o dinheiro no banco, para receber juros. O servo foi jogado nas trevas e seu talento foi dado ao que tinha 10.

Pois a quem tem, mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será tirado. Mateus 25:29

A lição da parábola

A parábola dos talentos mostra como todos teremos de prestar contas a Jesus quando ele voltar. Jesus dá a cada um de nós uma missão, de acordo com nossa capacidade. Para cumprir a missão, ele nos dá recursos, como dons, bens materiais ou conhecimentos. Nós precisamos investir esses recursos para cumprir a missão.

Os primeiros dois servos aceitaram o desafio e seu esforço foi recompensado. Quando confiamos em Deus e procuramos fazer sua vontade, ele nos ajuda a cumprir nossa missão. E um dia, na ressurreição, receberemos nossa recompensa.

O terceiro servo não amava seu senhor de verdade e desperdiçou sua oportunidade. Muitas pessoas desperdiçam seus recursos e não atendem ao chamado de Deus. Isso mostra que seu coração não é voltado para Deus e que não o amam. No fim, o resultado será castigo.

O tamanho do sucesso não é o mais importante para Deus. Tanto o servo com 10 talentos quanto o servo com 4 receberam a mesma recompensa. O mais importante é o coração. Deus se alegra de quem tem o coração pronto para o servir.

Não desperdice os dons que Deus lhe deu!