Jesus chamou 12 discípulos para segui-lo, no início da sua trajetória de ensino e milagres na terra. Discípulo é a pessoa que segue os ensinamentos de um mestre. Os 12 discípulos originais de Jesus, também chamados de apóstolos, eram pessoas simples: aprendizes, pescadores, trabalhadores comuns que aceitaram o desafio de seguir ao Senhor. Foram usados extraordinariamente por Deus, para que a mensagem de salvação de Jesus chegasse hoje até nós.

Quem foram os 12 apóstolos de Jesus

Pedro Também chamado de Simão, tinha um temperamento forte, negou a Jesus 3 vezes, mas reconciliou-se; foi autor de 2 livros bíblicos.
João Conhecido como o "discípulo amado", era o irmão de Tiago, autor de 5 livros bíblicos.
Tiago Irmão mais velho do apóstolo João, ambos eram filhos de Zebedeu e Salomé; era pescador. Também chamado de "Tiago, o maior", para diferenciar de outros Tiago.
André Irmão de Simão Pedro, ambos eram pescadores, era discípulo de João Batista antes de Jesus.
Filipe Era galileu de Betsaida, a mesma cidade de Pedro e André; apresentou Jesus para Natanael.
Bartolomeu É Natanael. Este, seria o seu nome próprio e Bartolomeu significa "filho de Tolmai".
Tomé Foi o discípulo que duvidou da ressurreição de Jesus, mas converteu-se a seguir e creu.
Mateus Também chamado de Levi, era o "publicano", cobrador de impostos antes de ser chamado.
Tiago filho de Alfeu Provavelmente este era o "Tiago menor"; além deste aparecem outros três Tiago no Novo Testamento.
Simão (Zelote) Seu apelido sugere que ele pertencia a um grupo judeu de zelosos pela religião e nação.
Judas Tadeu Filho de Tiago, a história conta que foi martirizado no ano 70 d.C. por sua fé em Cristo.
Judas Iscariotes Foi discípulo que traiu Jesus por 30 moedas de prata. Com remorsos, suicidou-se.

Além desses doze, muitos outros discípulos seguiam Jesus Cristo e deram continuidade a Sua obra. Certa ocasião, pelo menos 70 foram enviados para evangelizar outras cidades (Lucas 10:1). Alguns são igualmente considerados apóstolos, já que foram comissionados diretamente por Cristo, tais como o apóstolo Paulo; Tiago e Judas (estes 2 eram meios irmãos de Jesus), também autores de livros do Novo Testamento.

Os primeiros Discípulos refletem os novos discípulos

Como vemos, os discípulos eram pessoas comuns, vulneráveis e despreparadas como nós. Mas, quando Cristo completou a Sua obra em suas vidas, eles foram capacitados para a grande missão cristã. Isso significa que não estamos longe dos planos do Senhor Jesus.

Se Cristo concedeu a sua graça, viu algum potencial e transformou a vida deles, também pode transformar as nossas vidas. Basta aceitar o convite para sermos seus discípulos, e Ele também pode te tornar mais parecidos com Cristo. Aptos para ensinar outros para estarem preparados para o Reino de Deus.

Diferença entre Discípulos e Apóstolos

Chamando seus doze discípulos, deu-lhes autoridade para expulsar espíritos imundos e curar todas as doenças e enfermidades. Estes são os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; Simão, o zelote, e Judas Iscariotes, que o traiu.
- Mateus 10:1-4

Numa definição bastante simples: o discípulo é um aprendiz e o apóstolo é um enviado. Jesus preparou, ensinou e treinou seus 12 discípulos. Depois da sua morte e ressurreição, Ele os enviou ao mundo para testemunhar Dele.

As palavras "discípulos" e "apóstolos" foram usadas pelo próprio Jesus para designar, ora aqueles que estavam sendo ensinados e treinados, ora aqueles que estavam sendo enviados para pregar, respectivamente.

O termo 'apóstolo' significa "mensageiro", "enviado" ou "embaixador". Este é o termo técnico usado para os primeiros discípulos de Jesus designados para fundar a igreja no princípio do cristianismo. Esses foram testemunhas oculares de Cristo ressurreto, sendo enviados pessoalmente por Jesus. Num sentido mais geral, apóstolos são todos os discípulos enviados a pregar o Evangelho do Senhor.

Quem foi o 13º discípulo de Jesus que substituiu Judas Iscariotes

Matias foi o discípulo que substituiu Judas Iscariotes. Quando Jesus escolheu seus discípulos mais próximos, ele chamou 12 homens. Somados a estes, muitos outros seguiam e aprendiam com Jesus. Em certa ocasião, por exemplo, Ele enviou 70 discípulos para uma grande missão de evangelização (Lucas 10:1).

Judas Iscariotes pertencia ao grupo de discípulos mais chegados de Jesus. Apesar da proximidade, Judas traiu seu amigo Jesus com um beijo. Jesus foi preso pelos líderes judeus e sentenciado à morte numa cruz.

Depois da ressurreição de Jesus, o grupo dos apóstolos se reuniram e concordaram que outro discípulo deveria assumir o lugar que era antes de Judas Iscariotes. O nome escolhido foi o de Matias.

Esse discípulo substituiu Judas Iscariotes no grupo dos apóstolos. Jesus chamou 12 homens para serem seus discípulos, contudo Judas Iscariotes o traiu e suicidou-se, rejeitando o seu lugar. Por isso, Matias, que também acompanhou de perto Jesus, foi escolhido e assumiu o seu lugar como décimo segundo apóstolo. Além deles, outros nomes importantes, como Paulo, Silas, Lucas e outros discípulos, desempenharam um grande papel na história do cristianismo.

O apóstolo Paulo

Paulo (ou Saulo) de Tarso é considerado na Bíblia como o apóstolo (ἀποστέλλω - pessoa enviada) aos gentios (estrangeiros). Sua obra foi vasta e teve forte atuação na igreja do primeiro século. Paulo escreveu 13 cartas da Bíblia e fundou várias igrejas. Apesar disso, Paulo se considerou como o menor dos apóstolos de Cristo. Isso porque antes da sua conversão Paulo perseguia os cristãos (1 Coríntios 15:9).

Depois do seu encontro com Jesus, na estrada de Damasco, Paulo teve uma transformação genuína, se tornando um apóstolo dedicado e servo de Jesus. De perseguidor, Paulo virou um grande pregador do Evangelho.

Ele sofria algum problema sério, o seu "espinho na carne", que talvez fosse uma doença física. Apesar disso, Paulo continuou seu grande trabalho de pregação e ensino. Pela graça, se tornou uma das grandes referências de fé e evangelização do início do cristianismo. Portanto, é consensual no meio cristão que esse homem também esteja integrado ao grupo oficial dos apóstolos de Jesus Cristo.

Discípulos de Jesus Cristo hoje

Todos que têm fé na pessoa de Jesus Cristo, que tem e confiança no fato de que Ele morreu pelos seus pecados e que ressuscitou ao terceiro dia para dar vida eterna, são considerados discípulos de Jesus Cristo.

Isso implica em conhecê-lo através da Bíblia e fazê-lo conhecido, seguindo os seus passos, num relacionamento pessoal. Depois da sua ressurreição, Jesus comissionou a todos os seus discípulos:

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinem esses novos discípulos a obedecerem a todas as ordens que eu lhes dei. E lembrem-se disto: estou sempre com vocês, até o fim dos tempos".
- Mateus 28:19-20

Portanto, ainda hoje o convite para seguir a Jesus está disponível. Você também está convidado a seguir Jesus, conforme os ensinos bíblicos. Seja discípulo e faça outros discípulos de Cristo.

Mesmo após 2 mil anos, você também é chamado para ser discípulo - seguidor, aprendiz e mensageiro - de Jesus Cristo. Independentemente da situação em que esteja, Deus te chama para segui-lo. Largue tudo que te impeça e siga a Jesus! Seja você também um discípulo de Jesus Cristo.

Também pode te interessar: