Salmo 107:1-14


1 Deem graças ao Senhor porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre.

2 Assim o digam os que o Senhor resgatou,
os que livrou das mãos do adversário

3 e reuniu de outras terras,
do oriente e do ocidente, do norte e do sul.

4 Perambularam pelo deserto e por terras áridas
sem encontrar cidade habitada.

5 Estavam famintos e sedentos;
sua vida ia se esvaindo.

6 Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os livrou da tribulação
em que se encontravam

7 e os conduziu por caminho seguro
a uma cidade habitada.

8 Que eles deem graças ao Senhor
por seu amor leal e por suas maravilhas
em favor dos homens,

9 porque ele sacia o sedento
e satisfaz plenamente o faminto.

10 Assentaram-se nas trevas e na sombra mortal,
aflitos, acorrentados,

11 pois se rebelaram contra as palavras de Deus
e desprezaram os desígnios do Altíssimo.

12 Por isso ele os sujeitou a trabalhos pesados;
eles tropeçaram,
e não houve quem os ajudasse.

13 Na sua aflição, clamaram ao Senhor,
e ele os salvou da tribulação
em que se encontravam.

14 Ele os tirou das trevas e da sombra mortal
e quebrou as correntes que os prendiam.

Leia o capítulo completo: Salmo 107

Deem graças ao Senhor porque ele é bom;
o seu amor dura para sempre. Assim o digam os que o Senhor resgatou,
os que livrou das mãos do adversário e reuniu de ou

Esta passagem em outras versões da Bíblia

1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre;

2 digam-no os remidos do Senhor, os quais ele remiu da mão do inimigo,

3 e os que congregou dentre as terras, do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Sul.

4 Andaram desgarrados pelo deserto, por caminho ermo; não acharam cidade em que habitassem.

5 Andavam famintos e sedentos; desfalecia-lhes a alma.

6 E clamaram ao Senhor na sua tribulação, e ele os livrou das suas angústias;

7 conduziu-os por um caminho direito, para irem a uma cidade em que habitassem.

8 Dêem graças ao Senhor pela sua benignidade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens!

9 Pois ele satisfaz a alma sedenta, e enche de bens a alma faminta.

10 Quanto aos que se assentavam nas trevas e sombra da morte, presos em aflição e em ferros,

11 por se haverem rebelado contra as palavras de Deus, e desprezado o conselho do Altíssimo,

12 eis que lhes abateu o coração com trabalho; tropeçaram, e não houve quem os ajudasse.

13 Então clamaram ao Senhor na sua tribulação, e ele os livrou das suas angústias.

14 Tirou-os das trevas e da sombra da morte, e quebrou-lhes as prisões.

Versão Almeida Revista e Atualizada
Dai graças ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre;digam-no os remidos do Senhor, os quais ele remiu da mão do inimigo,e os que c

1 Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade é para sempre.

2 Digam-no os remidos do SENHOR, os que remiu da mão do inimigo

3 e os que congregou das terras do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Sul.

4 Andaram desgarrados pelo deserto, por caminhos solitários; não acharam cidade que habitassem.

5 Famintos e sedentos, a sua alma neles desfalecia.

6 E clamaram ao SENHOR na sua angústia, e ele os livrou das suas necessidades.

7 E os levou por caminho direito, para irem à cidade que deviam habitar.

8 Louvem ao SENHOR pela sua bondade e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens!

9 Pois fartou a alma sedenta e encheu de bens a alma faminta,

10 tal como a que se assenta nas trevas e sombra da morte, presa em aflição e em ferro.

11 Como se rebelaram contra as palavras de Deus e desprezaram o conselho do Altíssimo,

12 eis que lhes abateu o coração com trabalho; tropeçaram, e não houve quem os ajudasse.

13 Então, clamaram ao SENHOR na sua angústia, e ele os livrou das suas necessidades.

14 Tirou-os das trevas e sombra da morte e quebrou as suas prisões.

Versão Almeida Revista e Corrigida
Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade é para sempre.Digam-no os remidos do SENHOR, os que remiu da mão do inimigoe os que congregou das t

Quer Receber Mensagens Bíblicas?