Provérbios 6:32-35


32 Mas o homem que comete adultério
não tem juízo;
todo aquele que assim procede
a si mesmo se destrói.

33 Sofrerá ferimentos e vergonha,
e a sua humilhação jamais se apagará,

34 pois o ciúme desperta a fúria do marido,
que não terá misericórdia
quando se vingar.

35 Não aceitará nenhuma compensação;
os melhores presentes não o acalmarão.

Leia o capítulo completo: Provérbios 6

Mas o homem que comete adultério
não tem juízo;
todo aquele que assim procede
a si mesmo se destrói. Sofrerá ferimentos e vergonha,
e a sua humilhação jamais se

Esta passagem em outras versões da Bíblia

32 O que adultera com uma mulher é falto de entendimento; destrói-se a si mesmo, quem assim procede.

33 Receberá feridas e ignomínia, e o seu opróbrio nunca se apagará;

34 porque o ciúme enfurece ao marido, que de maneira nenhuma poupará no dia da vingança.

35 Não aceitará resgate algum, nem se aplacará, ainda que multipliques os presentes.

Versão Almeida Revista e Atualizada
O que adultera com uma mulher é falto de entendimento; destrói-se a si mesmo, quem assim procede.Receberá feridas e ignomínia, e o seu opróbrio nunca se apagará

32 O que adultera com uma mulher é falto de entendimento; destrói a sua alma o que tal faz.

33 Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará.

34 Porque furioso é o ciúme do marido; e de maneira nenhuma perdoará no dia da vingança.

35 Nenhum resgate aceitará, nem consentirá, ainda que multipliques os presentes.

Versão Almeida Revista e Corrigida
O que adultera com uma mulher é falto de entendimento; destrói a sua alma o que tal faz.Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará.Porque fu

Quer Receber Mensagens Bíblicas?