Conflitos existem, mas não podem ser capazes de desfazer um casamento. A Bíblia ensina o que compõe um casamento saudável e como que as relações podem funcionar.

Texto Base: Mateus 19:6

Tema: Resolvendo Conflitos Conjugais

Afirmação Principal: Para que um casamento possa ser bem-sucedido, tanto o marido como a esposa precisam conseguir resolver os conflitos que surgem no desenvolvimento do relacionamento conjugal.

Objetivo: Levar os ouvintes à decisão de buscar a plena realização no casamento, tendo como base a capacidade de resolver os conflitos no relacionamento conjugal.

Esboço de Pregação

O que torna um casamento bem-sucedido não é a ausência ou a intensidade dos conflitos, mas, sim, a capacidade e a determinação para resolver esses conflitos.

Essa mensagem traz:

3 atitudes que podem ajudar a resolver os conflitos no relacionamento conjugal.

  1. Uma comunhão íntima e pessoal com o Senhor
  2. Uma comunicação aberta e eficiente no casamento
  3. Uma compreensão prática do amor bíblico e verdadeiro

Introdução

1. Texto base: Mateus 19:6

Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separe.

2. Ilustração: "As Bodas"

  • Hoje é muito comum os casais celebrarem as "Bodas":
  • As mais famosas são:
    • "Bodas de Prata" (25 anos de casados)
    • "Bodas de Ouro" (50 anos de casados)
  • Além dessas "Bodas" mais famosas, existem outros tipos:
    • 1 ano – Bodas de Papel
    • 5 anos – Bodas de Madeira
    • 10 anos – Bodas de Estanho
    • 20 anos – Bodas de Porcelana
    • 25 anos – Bodas de Prata
    • 30 anos – Bodas de Pérola
    • 40 anos – Bodas de Esmeralda
    • 50 anos – Bodas de Ouro
    • 75 anos – Bodas de Brilhante
    • 100 anos – Bodas de Jequitibá

3. Argumentação:

  • Todavia, por que muitos casais não conseguem completar, nem sequer, as "Bodas de Papel"?
  • Uma das respostas está na incapacidade de resolver os conflitos.
  • Não é a ausência de conflitos e nem a intensidade do conflito que leva um casamento ao fracasso.
  • O que leva um casamento ao fracasso é a incapacidade de resolver os conflitos.
  • Fontes de possíveis conflitos:
    • Herança familiar
    • Expectativas conjugais
    • Relacionamento sexual
    • Finanças
    • Relacionamento com sogros
    • Filhos

4. Afirmação Principal:

Para que um casamento possa ser bem-sucedido, tanto o marido como a esposa precisam conseguir resolver os conflitos que surgem no desenvolvimento do relacionamento conjugal.

3 atitudes que podem ajudar a resolver os conflitos no relacionamento conjugal:

I. Uma comunhão íntima e pessoal com o Senhor

Eclesiastes 4:12b.

...o cordão de três dobras não se rompe com facilidade.

  1. O autor de Eclesiastes está dando ênfase no fato de que é bem melhor serem dois do que um.
  2. Para isso, o autor traz a ilustração do cordão de três linhas.
  3. Muitos veem aqui uma referência profética à presença do Senhor no relacionamento do casal.
  4. O casamento não pode ser pleno sem a presença do Senhor.
  5. Tanto o marido, como a esposa, precisam estar em comunhão com Deus.
  6. Buscar a Deus, através da oração e da meditação na Palavra de Deus (Bíblia) é fundamental.
  7. Essa busca pode ser conjunta (os dois juntos), mas também deve ser individual.

II. Uma comunicação aberta e eficiente no casamento

Efésios 4:15

Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo...

Efésios 4:25-27

Por isso, deixando a mentira, que cada um fale a verdade com o seu próximo, porque somos membros do mesmo corpo. Fiquem irados e não pequem. Não deixem que o sol se ponha sobre a ira de vocês, nem deem lugar ao diabo.

  1. Uma comunicação aberta envolve falar a verdade: Efésios 4:25
  2. Entretanto, essa verdade tem que ser dita em amor: Efésios 4:15
  3. Podemos nos irar, mas não devemos pecar: Efésios 4:26
  4. A comunicação, para ser eficiente, precisa ser cordial e branda, sem ira ou animosidade.
  5. Não deixe espaço para o maligno: Efésios 4:27
  6. Quando o marido e a esposa deixam de dialogar, ambos se tornam suscetíveis à influência maligna.
  7. Isso significa dar lugar ao diabo.

III. Uma compreensão prática do amor bíblico e verdadeiro

Colossenses 3:14

Acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.

  1. O amor bíblico e verdadeiro possui 4 características:
    • Compromisso: O relacionamento está fundamentado na aliança.
    • Incondicional: Não impõe condições para amar.
    • Decisão: Independe dos sentimentos.
    • Ação: Pratica o bem em relação ao outro.
  2. No entanto, não basta somente compreender isso, é necessário vivenciar esses conceitos.
  3. Esse amor bíblico e verdadeiro é fruto de uma decisão racional, fundamentada numa aliança sólida entre o casal e do casal com Deus.
  4. É um amor que não exige contrapartida, mas ama, mesmo quando não é amado.
  5. Esse amor é o "vínculo da perfeição".

Conclusão

1. Afirmação Principal:

Para que um casamento possa ser bem-sucedido, tanto o marido, como a esposa, precisam conseguir resolver os conflitos que surgem no desenvolvimento do relacionamento conjugal.

2. Texto base: Mateus 19:6

Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separe.

3. Oração pelos casais...

Veja também: