Versículos sobre Noé


Noé era um homem justo e bom, que temia a Deus. Foi ele o construtor da Arca que preservou a vida de sua família e de algumas espécies de animais das águas do dilúvio enviado por Deus.

Pouco se sabe sobre a origem e os primeiros anos de Noé. Ele é mencionado pela 1ª vez no Antigo Testamento já com quinhentos anos de idade.

Antepassados de Noé

Enoque, bisavô de Noé andou com Deus e por isso foi transladado (Gn. 5:22-24 e Hb. 11:5). Seu avô, Matusalém, foi o homem mais velho de toda a narrativa bíblica, viveu 969 anos (Gn. 5:25-27). O Pai de Noé chamava-se Lameque, provavelmente também temia ao Senhor e deu ao filho o nome que significa "descanso".

Viveu numa época de elevada corrupção humana

As condições da sociedade dos tempos de Noé eram terríveis. Os homens eram irremediáveis, tinham uma postura de maldade e depravação geral. Então, Deus decidiu e determinou a destruição da humanidade (Gn. 6:5-7).

Bondade e graça de Deus 

Contudo, em meio a escuridão e devassidão do mundo, Noé achou graça na presença de Deus. Ele era um homem correto no meio da sua geração e andava com o Senhor. Deus decidiu salva-lo à sua família do dilúvio.

Noé é comissionado por Deus

Deus instruiu a Noé que construísse uma embarcação de grandes dimensões a fim de salva-los da destruição e preservar a vida na terra. A maldade e corrupção no mundo era tão grande que a humanidade seria punida e exterminada. 

Mesmo rodeado de incrédulos e maus, Noé creu em Deus, e juntamente com seus filhos (Sem, Cam e Jafé) obedeceu a Deus. Construíram a arca tal como Deus tinha orientado e foram salvos do grande dilúvio que cobriu a terra.

Durante a construção, provavelmente Noé advertia ao povo, enquanto trabalhava na arca (2 Pe. 2:5). Mas ninguém, além dele, sua mulher, seus 3 filhos e 3 noras, creu ou se arrependeu. 

Os últimos dias antes do dilúvio

Antes do dilúvio, Noé e sua família preparavam os ajustes finais. Ajuntaram e armazenaram os alimentos na arca, além de reunir os animais. Depois de tudo pronto, Noé e sua família entram na arca e Deus fechou a porta (Gen 7:16). 

Depois do Dilúvio

O dilúvio durou 150 dias (Gn 7:24), depois as águas começaram a baixar, até que a arca pousou sobre o monte Ararate (atual região da Turquia). Na sequência dos acontecimentos:

  • Noé enviou aves para perceber se as águas já tinha secado (Gn. 8:6-12).
  • Mas o próprio Deus foi quem mandou Noé sair da arca (Gn. 8:15-17).
  • Noé edificou um altar e ofereceu um sacrifício a Deus (Gn. 8:20).
  • Deus fez uma aliança com Noé (Gn.9:9-17)
  • Noé plantou uma vinha e cai em tentação ficando bêbado (Gn. 9:20-211)
  • Noé amaldiçoou seu filho Cam que agiu imprudentemente, ao ver e expor a nudez do pai, e abençoa aos outros dois filhos. (Gn. 9:24-27).
  • Noé morreu aos 950 anos. (Gn. 9:28-29)

Jesus alertou para a futura destruição que acontecerá na Sua 2ª vida, dando o exemplo do que aconteceu nos dias de Noé (Mateus 24:37).

Noé está elencado entre os heróis da fé, em Hebreus 11:7.

Noé na Bíblia - O construtor da Arca

Aos 182 anos, Lameque gerou um filho. Deu-lhe o nome de Noé e disse: "Ele nos aliviará do nosso trabalho e do sofrimento de nos­sas mãos, causados pela terra que o Senhor amaldiçoou".
Gênesis 5:28-29

Depois que gerou Matusalém, Eno­que andou com Deus 300 anos e gerou outros filhos e fi­lhas. Viveu ao todo 365 anos. Enoque andou com Deus; e já não foi encontrado, pois Deus o havia arrebatado.
Gênesis 5:22-24

Pela fé Enoque foi arrebatado, de modo que não experimentou a morte; "e já não foi encontrado, porque Deus o havia arrebatado", pois antes de ser arrebatado recebeu testemunho de que tinha agradado a Deus.
Hebreus 11:5

O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente para o mal. Então o ­Senhor arrependeu-se de ter feito o homem sobre a ter­ra, e isso cortou-lhe o coração. Dis­se o Se­nhor: "Farei desaparecer da face da terra o homem que criei, os homens e também os ani­mais, grandes e pequenos, e as aves do céu. Arrependo-me de havê-los feito".
Gênesis 6:5-7

Ele não poupou o mundo antigo quando trouxe o Dilúvio sobre aquele povo ímpio, mas preservou Noé, pregador da justiça, e mais sete pessoas.
2 Pedro 2:5

Naquele mesmo dia, Noé e seus filhos, Sem, Cam e Jafé, com sua mulher e com as mu­lheres de seus três filhos, entraram na arca. Com eles entraram todos os animais de acordo com as suas espécies: todos os animais selva­gens, todos os rebanhos domésticos, todos os demais seres vivos que se movem rente ao chão ­e todas as criaturas que têm asas: todas as aves e todos os outros animais que voam. Casais de todas as criaturas que tinham fôlego de vida vieram a Noé e entraram na arca. Os animais que entraram foram um macho e uma fêmea de cada ser vivo, conforme Deus ordenara a Noé. Então o Senhor fechou a porta.
Gênesis 7:13-16

Todos os seres vivos foram exterminados da face da terra; tanto os homens como os animais grandes, os animais pequenos que se movem rente ao chão e as aves do céu foram exterminados da terra. Só resta­ram Noé e aqueles que com ele estavam na arca.
Gênesis 7:23

E as águas prevaleceram sobre a terra cento e cinquenta dias.
Gênesis 7:24

Passados quarenta dias, Noé abriu a jane­la que fizera na arca. Esperando que a terra já tivesse aparecido, Noé soltou um corvo, mas este ficou dando voltas. Depois­ soltou uma pomba para ver se as águas tinham diminuído na superfície da terra. Mas a pomba não encontrou lugar onde pousar os pés porque as águas ainda cobriam toda a superfície da terra e, por isso, voltou para a arca, a Noé. Ele estendeu a mão para fora, apanhou a pomba e a trouxe de volta para dentro da arca. Noé esperou mais sete dias e soltou nova­mente a pomba. Quando voltou ao entardecer, a pomba trouxe em seu bico uma folha nova de oliveira. Noé então ficou sabendo que as águas tinham diminuído sobre a terra. Esperou ainda outros sete dias e de novo soltou a pomba, mas dessa vez ela não voltou.
Gênesis 8:6-12

Então Deus disse a Noé: "Saia da arca, você e sua mulher, seus filhos e as mulheres deles. Faça que saiam também todos os anima­is que estão com você: as aves, os grandes animais e os pequenos que se movem rente ao chão. Faça-os sair para que se espalhem pela terra, sejam férteis e se multipliquem".
Gênesis 8:15-17

Depois Noé construiu um altar dedicado ao Senhor e, tomando alguns animais e aves puros, ofereceu-os como holocausto, queimando-os sobre o altar.
Gênesis 8:20

"Vou estabelecer a minha aliança com vocês e com os seus futuros descen­dentes, e com todo ser vivo que está com vo­cês: as aves, os rebanhos domés­ticos e os animais selvagens, todos os que saíram da arca com vocês, todos os seres vivos da terra. Esta­beleço uma aliança com vocês: Nunca mais será ceifada nenhuma forma de vida pelas águas de um dilúvio; nunca mais haverá dilúvio para des­truir a terra". E Deus prosseguiu: "Este é o sinal da aliança que estou fazendo entre mim e vocês e com todos os seres vivos que estão com vocês, para todas as gerações futuras: o meu arco que coloquei nas nuvens. Será o sinal da minha alian­ça com a terra. Quando eu trouxer nuvens sobre a terra e nelas aparecer o arco-íris, então me lembrarei da minha aliança com vocês e com os seres vivos de todas as espécies. Nunca mais as águas se tornarão um dilúvio para destruir toda forma de vida. Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembra­rei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra". Concluindo, disse Deus a Noé: "Esse é o sinal da ali­ança que estabeleci entre mim e toda forma de vida que há sobre a terra".
Gênesis 9:9-17

Noé, que era agricultor, foi o primeiro a plan­tar uma vinha. Be­beu do vinho, embriagou-se e ficou nu dentro da sua tenda.
Gênesis 9:20-21

Quando Noé acordou do efeito do vinho e descobriu o que seu filho caçula lhe havia fei­to, disse:
"Maldito seja Canaã!
Escravo de escravos
será para os seus irmãos". Disse ainda:
"Bendito seja o Senhor,
o Deus de Sem!
E seja Canaã seu escravo. Amplie Deus o território de Jafé;
habite ele nas tendas de Sem,
e seja Canaã seu escravo".
Gênesis 9:24-27

Depois do Dilúvio Noé viveu trezentos e cinquenta anos. Vi­veu ao todo novecentos e cinquenta anos e mor­reu.
Gênesis 9:28-29

Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem. Pois nos dias anteriores ao Dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca; e eles nada perceberam, até que veio o Dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá na vinda do Filho do homem.
Mateus 24:37-39

O povo vivia comendo, bebendo, casando-se e sendo dado em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então veio o Dilúvio e os destruiu a todos.
Lucas 17:27

que há muito tempo desobedeceram, quando Deus esperava pacientemente nos dias de Noé, enquanto a arca era construída. Nela apenas algumas pessoas, a saber, oito, foram salvas por meio da água,
1 Pedro 3:20

Pela fé Noé, quando avisado a respeito de coisas que ainda não se viam, movido por santo temor, construiu uma arca para salvar sua família. Por meio da fé ele condenou o mundo e tornou-se herdeiro da justiça que é segundo a fé.
Hebreus 11:7