Versículos sobre Moisés


Moisés, "resgatado", foi um grande líder em Israel, escolhido para libertar os israelitas da escravidão no Egito. Também foi o profeta que recebeu de Deus os 10 Mandamentos e todas as demais Leis para o povo.

Judeu, descendente da tribo de Levi, Moisés liderou Israel durante a libertação, no êxodo do Egito e na peregrinação rumo à Terra prometida. Este grande líder também foi o autor dos cinco primeiros livros da Bíblia - o Pentateuco (Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio).

Sua história foi marcada, desde o início, por perseguições, livramentos e grandes milagres. Ainda bebê, Moisés precisou ser escondido por causa do risco de ser assassinado pelo cruel decreto do Faraó (Êxodo 2:1-10). Esse e outros livramentos mostram que Deus já tinha um plano para o menino, que viria a ser um grande homem e libertador do povo de Israel da sua escravidão no Egito.

Aos quarenta anos Moisés foi visitar sua terra natal (Atos 7:23). Viu a forma com que seus irmãos eram tratados no Egito. Depois de um ato de imprudência, precisou fugir dali para a terra de Midiã, onde casou-se com Zípora (Ex. 2:11-22).

Depois de muito tempo, Deus se revelou a Moisés através de uma sarça ardente (a planta queimava em fogo mas não se consumia) e daí, passou a seguir a trajetória que o Senhor tinha lhe preparado. 

O Senhor mandou que Moisés voltasse ao Egito para libertar o povo que era escravo, cerca de 400 anos. Houve muitas confrontações com o Faraó até que se manifestasse o poder e a glória de Deus. Para isso, o Senhor usou Moisés na realização de muitos milagres, enviando também as 10 Pragas sobre o Egito (Êxodo 7:14 - 11:10).

Moisés conduziu o povo de Israel pelo deserto durante 40 anos, vivenciando outros grandes milagres de Deus: 

  • coluna de nuvem de dia e fogo à noite (Ex. 13:22)
  • travessia do mar vermelho (Ex. 14:21-22)
  • maná (pão do céu - Êxodo 16:35)
  • codornizes (Êxodo 16:13)
  • jorrar água da rocha (Números 20:10-11)
  • a entrega da Lei (Êxodo 20:1-17),
  • manutenção da roupa e calçado (Deuteronômio 29:5)

Morreu com 120 anos, nas proximidades de Canaã, em Moabe no monte Nebo, onde foi sepultado por Deus (Deuteronômio. 34:5-7). Mais tarde, apareceu noutro monte, no episódio da transfiguração de Jesus Cristo (Mateus 17:3) conversando com Jesus e Elias.

Moisés foi um homem muito paciente e sábio, obedecendo a Deus no cumprimento da Sua vontade. Teve falhas, como qualquer ser humano, e por isso só vislumbrou e não entrou na terra prometida (Deuteronômio 34:4). Apesar disso, existem muitos paralelos entre ele e o Senhor Jesus Cristo. Pode-se dizer que Moisés foi uma "sombra" ou tipo, apontando para Cristo. Ele mesmo profetizou que viria um profeta como ele (Atos 7:37). Jesus Cristo, sim, perfeito em tudo, veio para libertar definitivamente e guiar o povo de Deus até a Nova Jerusalém, celestial!

Quem foi Moisés na Bíblia?

Um homem da tribo de Levi casou-se com uma mulher da mesma tribo, e ela engra­vidou e deu à luz um filho. Vendo que era boni­to, ela o escondeu por três meses. Quan­do já não podia mais escondê-lo, pegou um cesto feito de junco e o vedou com piche e betume. Colocou nele o menino e deixou o cesto entre os juncos, à margem do Nilo. A irmã do meni­no ficou observando de longe para ver o que lhe acon­teceria. A filha do faraó descera ao Nilo para tomar banho. Enquanto isso, as suas servas an­davam pela margem do rio. Nisso viu o cesto entre os juncos e mandou sua criada apanhá-lo. Ao abri-lo, viu um bebê chorando. Ficou com pena dele e disse: "Este menino é dos hebreus". Então a irmã do menino aproximou-se e perguntou à filha do faraó: "A senhora quer que eu vá chamar uma mulher dos hebreus para amamentar e criar o meni­no?" "Quero", respondeu ela. E a moça foi chamar a mãe do menino. Então a filha do faraó disse à mulher: "Leve este menino e amamente-o para mim, e eu pagarei você por is­so". A mulher levou o menino e o amamentou. Tendo o menino crescido, ela o levou à filha do faraó, que o adotou e lhe deu o nome de Moisés, dizendo: "Porque eu o tirei das águas".
Êxodo 2:1-10

"Ao completar quarenta anos, Moisés decidiu visitar seus irmãos israelitas.
Atos dos Apóstolos 7:23

Certo dia, sendo Moisés já adulto, foi ao lugar onde estavam os seus irmãos hebreus e descobriu como era pesado o trabalho que realizavam. Viu também um egípcio espancar um dos hebreus. Correu o olhar por todos os lados e, não vendo ninguém, matou o egípcio e o escondeu na areia. No dia seguinte saiu e viu dois hebreus brigando. Então perguntou ao agressor: "Por que você está espancando o seu companheiro?" O homem respondeu: "Quem o nomeou líder e juiz sobre nós? Quer matar-me como matou o egípcio?" Moisés teve medo e pensou: "Com certeza tudo já foi descoberto!" Quando o faraó soube disso, procurou matar Moisés, mas este fugiu e foi morar na terra de Midiã. Ali assentou-se à beira de um poço. Ora, o sacerdote de Midiã tinha sete filhas. Elas foram buscar água para encher os bebedouros e dar de beber ao rebanho de seu pai. Al­guns pastores se aproximaram e come­çaram a expulsá-las dali; Moisés, porém, veio em auxílio delas e deu água ao rebanho. Quando as moças voltaram a seu pai Reuel, este lhes perguntou: "Por que voltaram tão cedo hoje?" Elas responderam: "Um egípcio defendeu-nos dos pastores e ainda tirou água do poço para nós e deu de beber ao rebanho". "Onde está ele?", perguntou o pai a elas. "Por que o deixaram lá? Convidem-no para comer conosco." Moisés aceitou e concordou também em morar na casa daquele homem; este lhe deu por mulher sua filha Zípora. Ela deu à luz um menino, a quem Moisés deu o nome de Gérson, dizendo: "Sou imigrante em terra estra­ngeira".
Êxodo 2:11-22

A coluna de nuvem não se afastava do povo de dia; nem a coluna de fogo, de noite.
Êxodo 13:22

Então Moisés estendeu a mão sobre o mar, e o Senhor afastou o mar e o tornou em terra seca, com um forte vento oriental que so­prou toda aquela noite. As águas se dividiram,
Êxodo 14:21

Os israelitas comeram maná durante quarenta anos, até chegarem a uma terra habitável; comeram maná até chegarem às fronteiras de Canaã.
Êxodo 16:35

No final da tarde, apareceram codorni­zes que cobriram o lugar onde estavam acampa­dos; ao amanhecer havia uma camada de orva­lho ao redor do acampamento.
Disse-lhes Moisés: "Este é o pão que o Senhor deu a vocês para comer.
Êxodo 16:13

Moisés e Arão reuniram a assembleia em frente da rocha, e Moisés disse: "Escutem, rebeldes, será que teremos que tirar água desta rocha para dar a vocês?" Então Moisés ergueu o braço e bateu na rocha duas vezes com a vara. Jorrou água, e a comunidade e os rebanhos beberam.
Números 20:10-11

E Deus falou todas estas palavras: "Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirou do Egito, da terra da escravidão. "Não terás outros deuses além de mim. "Não farás para ti nenhum ídolo, ne­nhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra. Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor,o teu Deus, sou Deus zelo­so, que castigo os filhos pelos pecados de seus pais até a terceira e quarta geração daqueles que me desprezam, mas trato com bondade até mil gerações aos que me amam e obedecem aos meus man­damentos. "Não tomarás em vão o nome do Senhor, o teu Deus, pois o Senhor não deixará impune quem tomar o seu nome em vão. "Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos, mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor,o teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teus filhos ou filhas, nem teus servos ou servas, nem teus animais, nem os estrangeiros que morarem em tuas cidades. Pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou. Portanto, o Senhor abençoou o sétimo dia e o santificou. "Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor,o teu Deus, te dá. "Não matarás. "Não adulterarás. "Não furtarás. "Não darás falso testemunho contra o teu próximo. "Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seus servos ou servas, nem seu boi ou jumento, nem coisa alguma que lhe pertença".
Êxodo 20:1-17

'Durante os quarenta anos em que os conduzi pelo deserto', disse ele, 'nem as suas roupas, nem as sandálias dos seus pés se gastaram.
Deuteronômio 29:5

Então, das campinas de Moabe Moisés subiu ao monte Nebo, ao topo do Pisga, em frente de Jericó. Ali o Senhor lhe mostrou a terra toda: de Gileade a Dã, toda a região de Naftali, o território de Efraim e Manassés, toda a terra de Judá até o mar ocidental, o Neguebe e toda a região que vai do vale de Jericó, a cidade das Palmeiras, até Zoar. E o Senhor lhe disse: "Esta é a terra que prometi sob juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó, quando lhes disse: Eu a darei a seus descendentes. Permiti que você a visse com os seus próprios olhos, mas você não atravessará o rio, não entrará nela". Moisés, o servo do Senhor, morreu ali, em Moabe, como o Senhor dissera. Ele o sepultou em Moabe, no vale que fica diante de Bete-Peor, mas até hoje ninguém sabe onde está localizado seu túmulo. Moisés tinha cento e vinte anos de idade quando morreu; todavia, nem os seus olhos nem o seu vigor tinham se enfraquecido. Os israelitas choraram Moisés nas campinas de Moabe durante trinta dias, até passar o período de pranto e luto.
Deuteronômio 34:1-8

Naquele mesmo momento, apareceram diante deles Moisés e Elias, conversando com Jesus.
Mateus 17:3

"Este é aquele Moisés que disse aos israelitas: 'Deus levantará dentre seus irmãos um profeta como eu'.
Atos dos Apóstolos 7:37

Pois disse Moisés: 'O Senhor Deus levantará dentre seus irmãos um profeta como eu; ouçam-no em tudo o que ele disser.
Atos dos Apóstolos 3:22

Moisés foi educado em toda a sabedoria dos egípcios e veio a ser poderoso em palavras e obras.
Atos dos Apóstolos 7:22

Pela fé Moisés, recém-nascido, foi escondido durante três meses por seus pais, pois estes viram que ele não era uma criança comum e não temeram o decreto do rei. Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa. Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via aquele que é invisível. Pela fé celebrou a Páscoa e fez a aspersão do sangue, para que o destruidor não tocasse nos filhos mais velhos dos israelitas.
Hebreus 11:23-28

O Senhor falava com Moisés face a face, como quem fala com seu amigo. Depois Moisés voltava ao acam­pamento; mas Josué, filho de Num, que lhe servia como auxiliar, não se afastava da tenda.
Êxodo 33:11

Mas o Senhor ordenou a Moisés e a Arão que dissessem aos israelitas e ao faraó, rei do Egito, que tinham ordem para tirar do Egito os israelitas.
Êxodo 6:13

Ali o Anjo do Senhor lhe apareceu numa chama de fogo que saía do meio de uma sarça. Moisés viu que, embora a sarça estivesse em chamas, não era consumida pelo fogo. "Que impressionan­te!", pensou. "Por que a sarça não se queima? Vou ver isso de perto."
Êxodo 3:2-3

Moisés, porém, respondeu a Deus: "Quem sou eu para apresentar-me ao faraó e tirar os israelitas do Egito?"
Êxodo 3:11

Então Moisés convocou todas as auto­ridades de Israel e lhes disse: "Escolham um cordeiro ou um cabrito para cada família. Sacrifiquem-no para celebrar a Páscoa!
Êxodo 12:21

O Senhor desceu ao topo do monte Sinai e chamou Moisés para o alto do monte. Moisés subiu
Êxodo 19:20

Ao descer do monte Sinai com as duas tábuas da aliança nas mãos, Moisés não sabia que o seu rosto resplandecia por ter conversado com o Senhor.
Êxodo 34:29

Então Moisés disse a Hobabe, filho do midianita Reuel, sogro de Moisés: "Estamos partindo para o lugar a respeito do qual o Senhor disse: 'Eu o darei a vocês'. Venha conosco e o trataremos bem, pois o Senhor prometeu boas coisas para Israel".
Números 10:29

Ora, Moisés era um homem muito paciente, mais do que qualquer outro que havia na terra.
Números 12:3

Esta é a bênção com a qual Moisés, homem de Deus, abençoou os israelitas antes da sua morte.
Deuteronômio 33:1

Moisés, o servo do Senhor, morreu ali, em Moabe, como o Senhor dissera. Ele o sepultou em Moabe, no vale que fica diante de Bete-Peor, mas até hoje ninguém sabe onde está localizado seu túmulo.
Deuteronômio 34:5-6

Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa. Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via aquele que é invisível. Pela fé celebrou a Páscoa e fez a aspersão do sangue, para que o destruidor não tocasse nos filhos mais velhos dos israelitas. Pela fé o povo atravessou o mar Vermelho como em terra seca; mas, quando os egípcios tentaram fazê-lo, morreram afogados.
Hebreus 11:24-29

Então Moisés estendeu a mão sobre o mar, e o Senhor afastou o mar e o tornou em terra seca, com um forte vento oriental que so­prou toda aquela noite. As águas se dividiram, e os israelitas atravessaram pelo meio do mar em terra seca, tendo uma parede de água à direita e outra à esquerda.
Êxodo 14:21-22

Moisés e Arão reuniram a assembleia em frente da rocha, e Moisés disse: "Escutem, rebeldes, será que teremos que tirar água desta rocha para dar a vocês?" Então Moisés ergueu o braço e bateu na rocha duas vezes com a vara. Jorrou água, e a comunidade e os rebanhos beberam.
Números 20:10-11

Moisés, o servo do Senhor, morreu ali, em Moabe, como o Senhor dissera. Ele o sepultou em Moabe, no vale que fica diante de Bete-Peor, mas até hoje ninguém sabe onde está localizado seu túmulo. Moisés tinha cento e vinte anos de idade quando morreu; todavia, nem os seus olhos nem o seu vigor tinham se enfraquecido.
Deuteronômio 34:5-7