Versículos de Babilônia


Babilônia na Bíblia

Os guerreiros da Babilônia
pararam de lutar;
permanecem em suas fortalezas.
A força deles acabou;
tornaram-se como mulheres.
As habitações dela estão incendiadas;
as trancas de suas portas
estão quebradas.
Jeremias 51:30

Um emissário vai após outro,
e um mensageiro sai
após outro mensageiro
para anunciar ao rei da Babilônia
que sua cidade inteira foi capturada,
Jeremias 51:31

Assim diz o Senhor dos Exércitos,
Deus de Israel:
"A cidade de Babilônia é como uma eira;
a época da colheita
logo chegará para ela".
Jeremias 51:33

"Nabucodonosor, rei da Babilônia,
devorou-nos, lançou-nos em confusão,
fez de nós um jarro vazio.
Tal como uma serpente ele nos engoliu,
encheu seu estômago
com nossas finas comidas
e então nos vomitou.
Jeremias 51:34

Que a violência
cometida contra nossa carne
esteja sobre a Babilônia",
dizem os habitantes de Sião.
"Que o nosso sangue esteja sobre
aqueles que moram na Babilônia",
diz Jerusalém.
Jeremias 51:35

A Babilônia se tornará
um amontoado de ruínas,
uma habitação de chacais,
objeto de pavor e de zombaria,
um lugar onde ninguém vive.
Jeremias 51:37

"Como Sesaque será capturada!
Como o orgulho de toda a terra será tomado!
Que horror a Babilônia
será entre as nações!
Jeremias 51:41

O mar se levantará sobre a Babilônia;
suas ondas agitadas a cobrirão.
Jeremias 51:42

Castigarei Bel na Babilônia
e o farei vomitar o que engoliu.
As nações não mais acorrerão a ele.
E a muralha da Babilônia cairá.
Jeremias 51:44

Portanto, certamente vêm os dias
quando castigarei as imagens
esculpidas da Babilônia;
toda a sua terra será envergonhada,
e todos os seus mortos jazerão
caídos dentro dela.
Jeremias 51:47

Então o céu e a terra
e tudo o que existe neles
gritarão de alegria
por causa da Babilônia,
pois do norte destruidores a atacarão",
declara o Senhor.
Jeremias 51:48

"A Babilônia cairá
por causa dos mortos de Israel,
assim como os mortos de toda a terra
caíram por causa da Babilônia.
Jeremias 51:49

Mesmo que a Babilônia chegue ao céu
e fortifique no alto a sua fortaleza,
enviarei destruidores contra ela",
declara o Senhor.
Jeremias 51:53

"Vem da Babilônia o som de um grito;
o som de grande destruição
vem da terra dos babilônios.
Jeremias 51:54

O Senhor destruirá a Babilônia;
ele silenciará o seu grande ruído.
Ondas de inimigos avançarão
como grandes águas;
o rugir de suas vozes ressoará.
Jeremias 51:55

Um destruidor virá contra a Babilônia;
seus guerreiros serão capturados,
e seus arcos serão quebrados.
Pois o Senhor é um
Deus de retribuição;
ele retribuirá plenamente.
Jeremias 51:56

Assim diz o Senhor dos Exércitos:
"A larga muralha da Babilônia
será desmantelada
e suas altas portas serão incendiadas.
Os povos se exaurem por nada,
o trabalho das nações não passa
de combustível para as chamas".
Jeremias 51:58

Esta é a mensagem que Jeremias deu ao responsável pelo acampamento, Seraías, filho de Nerias, filho de Maaseias, quando ele foi à Babilônia com o rei Zedequias de Judá, no quarto ano do seu reinado.
Jeremias 51:59

Jeremias escreveu num rolo todas as desgraças que sobreviriam à Babilônia, tudo que fora registrado acerca da Babilônia.
Jeremias 51:60

Ele disse a Seraías: "Quando você chegar à Babilônia, tenha o cuidado de ler todas estas palavras em alta voz.
Jeremias 51:61

Então diga: Assim Babilônia afundará para não mais se erguer, por causa da desgraça que trarei sobre ela. E seu povo cairá".
Aqui terminam as palavras de Jeremias.
Jeremias 51:64

A ira do Senhor havia sido provocada em Jerusalém e em Judá de tal forma que ele teve que tirá-los da sua presença.
Zedequias se rebelou contra o rei da Babilônia.
Jeremias 52:3

Então, no nono ano do reinado de Zedequias, no décimo mês, Nabucodonosor, rei da Babilônia, marchou contra Jerusalém com todo o seu exército. Acamparam fora da cidade e construíram torres de assalto ao redor dela.
Jeremias 52:4

Ao chegar o nono dia do quarto mês a fome era tão severa que não havia comida para o povo.
Ele foi levado ao rei da Babilônia em Ribla, na terra de Hamate, que o sentenciou.
Jeremias 52:6

Em Ribla, o rei da Babilônia mandou executar os filhos de Zedequias diante de seus olhos e também matou todos os nobres de Judá.
Jeremias 52:10

No décimo dia do quinto mês, no décimo nono ano de Nabucodonosor, rei da Babilônia, Nebuzaradã, comandante da guarda imperial, que servia o rei da Babilônia, veio a Jerusalém.
Jeremias 52:12

Nebuzaradã deportou para a Babilônia alguns dos mais pobres e o povo que restou na cidade, juntamente com o restante dos artesãos e aqueles que tinham se rendido ao rei da Babilônia.
Jeremias 52:15

Os babilônios despedaçaram as colunas de bronze, os estrados móveis e o mar de bronze que ficavam no templo do Senhor e levaram todo o bronze para a Babilônia.
Jeremias 52:17

O comandante Nebuzaradã tomou todos eles e os levou ao rei da Babilônia em Ribla.
Jeremias 52:26

No trigésimo sétimo ano do exílio do rei Joaquim de Judá, no ano em que Evil-Meroda­que tornou-se rei de Babilônia, ele libertou Joaquim, rei de Judá, da prisão no vigésimo quinto dia do décimo segundo mês.
Jeremias 52:31

Quer Receber Mensagens Bíblicas?