A promessa de restauração (episódio bíblico)

Compartilhar no Facebook

Todas as passagens da Bíblia sobre o episódio "A promessa de restauração".

Jeremias 33

1 Jeremias ainda estava preso no pátio da guarda quando o Senhor lhe dirigiu a palavra pela segunda vez:

2 "Assim diz o Senhor que fez a terra, o Senhor que a formou e a firmou; seu nome é Senhor:

3 Cla­me a mim e eu responderei e direi a você coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece".

4 Porque assim diz o Senhor, o Deus de Israel, a respeito das casas desta cidade e dos palácios reais de Judá, que foram derrubados para servirem de defesa contra as rampas de cerco e a espada,

5 na luta contra os babilônios: "Elas ficarão cheias de cadáveres dos homens que matarei no meu furor. Ocultarei desta cidade o meu rosto por causa de toda a sua maldade.

6 "Todavia, trarei restauração e cura para ela; curarei o meu povo e lhe darei muita prospe­ridade e segurança.

7 Mudarei a sorte de Judá e de Israel e os reconstruirei como antigamente.

8 Eu os purificarei de todo o pecado que comete­ram contra mim e perdoarei todos os seus peca­dos de rebelião contra mim.

9 Então Jerusalém será para mim uma fonte de alegria, de louvor e de glória, diante de todas as nações da terra que ouvirem acerca de todos os benefícios que faço por ela. Elas temerão e tremerão diante da paz e da prosperidade que eu lhe concedo".

10 Assim diz o Senhor: "Vocês dizem que este lugar está devastado e ficará sem homens nem animais. Contudo, nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém, que estão devasta­das, desabitadas, sem homens nem animais, mais uma vez se ouvirão

11 as vozes de júbilo e de alegria, do noivo e da noiva, e as vozes daqueles que trazem ofertas de ação de graças para o templo do Senhor, dizendo:
'Deem graças ao Senhor dos Exércitos,
pois ele é bom;
o seu amor leal dura para sempre'.
"Porque eu mudarei a sorte desta terra como antigamente", declara o Senhor.

12 Assim diz o Senhor dos Exércitos: "Neste lugar desolado, sem homens nem anima­is, haverá novamente pastagens onde os pastores farão descansar os seus rebanhos, em todas as suas cidades.

13 Tanto nas cidades dos montes, da Sefelá, do Neguebe e do território de Benja­mim, como nos povoados ao redor de Jerusalém e nas cidades de Judá, novamente passarão ovelhas sob as mãos daquele que as conta", diz o Senhor.

14 "Dias virão", declara o Senhor, "em que cumprirei a promessa que fiz à comunidade de Israel e à comunidade de Judá.

15 "Naqueles dias e naquela época
farei brotar um Renovo justo
da linhagem de Davi;
ele fará o que é justo e certo na terra.

16 Naqueles dias, Judá será salva
e Jerusalém viverá em segurança,
e este é o nome pelo qual
ela será chamada:
O Senhor é a Nossa Justiça".

17 Porque assim diz o Senhor: "Davi jamais deixará de ter um descendente que se assente no trono de Israel,

18 nem os sacerdotes, que são levitas, deixarão de ter descendente que esteja diante de mim para oferecer, continuamen­te, holocaustos, queimar ofertas de cereal e apresentar sacrifícios".

19 O Senhor dirigiu a palavra a Jeremias:

20 "As­sim diz o Senhor: Se vocês puderem romper a minha aliança com o dia e a minha aliança com a noite, de modo que nem o dia nem a noite aconteçam no tempo que está deter­minado para vocês,

21 então poderá ser quebrada a minha aliança com o meu servo Davi, e neste caso ele não mais terá um descendente que reine no seu trono; e também será quebrada a minha aliança com os levitas que são sacerdotes e que me servem.

22 Farei os descendentes do meu servo Davi e os levitas, que me servem, tão numerosos como as estrelas do céu e incontáveis como a areia das praias do mar".

23 O Senhor dirigiu a palavra a Jeremias:

24 "V­ocê reparou que essas pessoas estão dizen­do que o Senhor rejeitou os dois reinos que tinha escolhido? Por isso desprezam o meu povo e não mais o consideram como nação".

25 Assim diz o Senhor: "Se a minha aliança com o dia e com a noite não mais vigorasse, se eu não tivesse estabelecido as leis fixas do céu e da terra,

26 en­tão eu rejeitaria os descendentes de Jacó e do meu servo Davi e não escolheria um dos seus descendentes para que governasse os descen­dentes de Abraão, de Isaque e de Jacó. Mas eu restaurarei a sorte deles e lhes manifestarei a minha compaixão".

Leia o Capítulo Completo
Mensagens Bíblicas por Email: