O decreto de Dario (episódio bíblico)

Todas as passagens da Bíblia sobre o episódio "O decreto de Dario".

Esdras 6

1 O rei Dario mandou então fazer uma pesquisa nos arquivos da Babilônia, que estavam nos locais em que se guardavam os tesouros.

2 Encontrou-se um rolo na cidadela de Ecbatana, na província da Mé­dia, e nele estava escrito o seguinte, que Dario comunicou:

3 "No primeiro ano do seu reinado, o rei Ciro promulgou um decreto acerca do templo de Deus em Jerusalém, nestes termos:

4 com três carreiras de pedras grandes e uma carreira de madeira. O custo será pago pela tesouraria do rei.

5 " 'Que o templo seja reconstruído como local destinado à apresentação de sacrifícios e que se lan­cem os seus alicerces. Ele terá vinte e sete metros de altura e vinte e sete metros de largu­ra,
E os utensílios de ouro e de prata da casa de Deus, que Nabucodonosor tirou do templo de Jerusalém e trouxe para a Babilô­nia, serão devolvidos aos seus lugares no templo de Jerusalém; devem ser colocados na casa de Deus'.

6 "Agora, então, Tatenai, governador do território situado a oeste do Eufrates, e Setar-Bozenai, e vocês, oficiais dessa província e amigos deles, mantenham-se afastados de lá.

7 Não interfiram na obra que se faz nesse templo de Deus. Deixem o governador e os líderes dos judeus reconstruírem esse templo de Deus em seu antigo local.

8 "Além disso, promulgo o seguinte decreto a respeito do que vocês farão por esses líderes dos judeus na construção desse templo de Deus:"As despesas desses homens serão integralmente pagas pela tesouraria do rei, do tributo recebido do território a oeste do Eufra­tes, para que a obra não pare.

9 E o que for necessário: novilhos, carneiros, cordeiros para os holocaustos oferecidos ao Deus dos céus, e trigo, sal, vinho e azeite, conforme for solicita­do pelos sacerdotes em Jerusalém, tudo deverá ser entregue diariamente a eles, sem falta,

10 para que ofereçam sacrifícios agradáveis ao Deus dos céus e orem pelo bem-estar do rei e dos seus filhos.

11 "Além disso, determino que, se al­guém alterar este decreto, atravessem-lhe o corpo com uma viga tirada de sua casa e deixem-no empalado. E seja a sua casa trans­formada num monte de entulho.

12 E que Deus, que fez o seu nome ali habitar, derrube qual­quer rei ou povo que estender a mão para mudar este decreto ou para destruir esse templo de Jerusalém."Eu, Dario, o decretei. Que seja plena­mente executado".

Leia o Capítulo Completo
Episódios Relacionados
Quer Receber Mensagens Bíblicas?