Estabelecer limites sobre o que vemos pode ser difícil. Seria tão simples se a Bíblia tivesse uma lista de programas proibidos e permitidos, para nos guiar na selva do entretenimento! Mas, em vez de nos dar regras para cada detalhe da vida, a Bíblia nos ensina a ter sabedoria. Use esses conselhos da Bíblia para decidir por si mesmo o que você deve ou não deve ver:

1. Analise todas as coisas

Mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom. Afastem-se de toda forma de mal. 1 Tessalonicenses 4:21-22

O entretenimento é como tudo na vida: complexo. Nem tudo cabe perfeitamente em bom ou ruim. A vasta maioria dos filmes e programas na televisão têm um pouco dos dois, até mesmo programas evangélicos! Por isso, é sempre importante ver com espírito crítico.

Quando você vê um programa, compare-o com a verdade da Bíblia. Que elementos são bons e que elementos são ruins? Guarde as mensagens positivas mas rejeite as mensagens negativas. E ore por sabedoria para conseguir fazer a distinção.

2. Como afeta seus pensamentos?

Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. Filipenses 4:8

Aquilo que você está vendo está enchendo sua cabeça de coisas boas ou ruins? Quando você vê aquele programa ou filme, você sai inspirado pela mensagem ou você sente vontade de pecar? Evite as coisas que lhe levam a pensamentos negativos descontrolados ou que lhe despertam a tentação para pecar.

Cada pessoa é afetada de maneira diferente pela televisão. Por exemplo, para um alcoólatra, com dificuldade em parar de beber, ver um programa com pessoas se divertindo enquanto bebem álcool talvez não seja a melhor ideia. Mas para outra pessoa, que não tem essa dificuldade, poderá não fazer diferença nenhuma em sua vida. Por isso, respeite seus próprios limites e não se apresse para condenar os limites de outros.

3. O que sua consciência diz?

Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus. Romanos 14:12

O mais importante não é o que os outros vão pensar, nem quanto você deseja ver o programa. O mais importante é seu relacionamento com Deus. E um bom indicador de como um programa está afetando seu relacionamento com Deus é sua consciência.

Você sente que não devia ver certo programa? Então não veja. Fique em paz com sua consciência. Você não é obrigado a ver nada que não sente confortável vendo. Não ignore sua consciência, se está avisando você sobre alguma coisa.

4. Desconfortável? Desligue!

Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno. Mateus 5:29

Contra o pecado, é preciso lutar com força. Mas, mais fácil que arrancar seu olho, você pode desligar a televisão. Só porque você começou um programa, não significa que tem de ver até ao fim. Alguns programas podem pegar você de surpresa com coisas que lhe deixam desconfortável. Nesses casos, é melhor mudar de canal ou desligar a televisão.

Não desligue seu cérebro quando você liga a televisão. Pense no que você está vendo, avalie tudo e lembre-se de desligar quando preciso.