3 dias mudaram o mundo para sempre. Toda a História do mundo, desde o início da criação, culminou nesses 3 dias. Milhares e milhares de vidas foram transformadas, destinos foram traçados e civilizações inteiras foram abaladas por o que aconteceu em apenas 3 dias. O grande plano de Deus para toda a humanidade foi revelado na sexta, no sábado e no domingo...

Sexta-feira

Um homem carrega todo o peso do pecado sobre seus ombros. Um homem bom, sem pecado algum, mas que se ofereceu em nosso lugar. O preço: todo seu sangue.

Abandonado, torturado, desprezado pelas próprias pessoas que ele veio salvar. Toda a maldade do mundo foi revelada nesse dia. Todo o sofrimento de Deus também. Mas, acima de tudo, todo o amor de Jesus brilhou com uma força que fez até seus executores reconhecerem que ele era o filho de Deus.

Sábado

Um dia de luto. Será assim que acaba a história? O plano de Deus acaba em morte? O universo todo segura a respiração...

Domingo

Vitória! Nem a morte consegue resistir ao poder de tão grande amor! A luz do novo dia anuncia luz de uma nova era, uma nova esperança. O túmulo está vazio.

Vivo? Como pode estar vivo? Ninguém vira a morte do avesso! Seus seguidores estão confusos, ainda não entendem a dimensão da maravilha que aconteceu. Mas agora eles veem Jesus.

Sua mensagem é igual mas agora faz sentido. Ele veio para nos salvar do castigo do pecado e para nos dar esperança. A morte não é mais o fim! O sofrimento não vence. Em Jesus podemos ter uma vida que não pode ser destruída pela morte.

Mas, em sua glória, Jesus ainda guarda as marcas de seu sofrimento em suas mãos. O preço foi pago, não anulado. A morte de Jesus foi tão necessária quanto sua ressurreição. Foram necessários 3 dias para salvar a humanidade: um dia de morte, um dia de luto e um dia de vida. Em 3 dias, Jesus abriu as portas da eternidade.

O evangelho, a boa notícia precisa ser contada para todo o mundo. Mãos à obra!