As vestes dos sacerdotes (episódio bíblico)

Compartilhar no Facebook

Todas as passagens da Bíblia sobre o episódio "As vestes dos sacerdotes".

Êxodo 39

1 Com fios de tecidos azul, roxo e ver­melho fizeram as vestes litúrgicas para minis­trar no Lugar Santo. Também fizeram as vestes sagradas de Arão, como o Senhor tinha orde­nado a Moisés.

2 Fizeram o colete sacerdotal de linho fino trançado e de fios de ouro e de fios de tecidos azul, roxo e vermelho.

3 E bateram o ouro em finas placas das quais cortaram fios de ouro para se­rem bordados no linho fino com os fios de tecidos azul, roxo e vermelho - trabalho artesanal.

4 Fize­ram as ombreiras para o colete sacerdotal, ata­das às suas duas extremidades, para que pudes­sem ser amarradas.

5 O cinturão e o colete por ele preso foram feitos da mesma peça. O cintu­rão também foi feito de linho fino trançado, de fios de ouro e de fios de tecidos azul, roxo e ver­melho, como o Senhor tinha ordenado a Moi­sés.

6 Prenderam as pedras de ônix em filigra­nas de ouro e nelas gravaram os nomes dos fi­lhos de Israel, como um lapidador grava um selo.

7 Então as costuraram nas ombreiras do cole­te sacerdotal, como pedras memoriais para os filhos de Israel, como o Senhor tinha ordenado a Moisés.

8 Fizeram o peitoral - trabalho artesanal - como o colete sacerdotal: de linho fino trançado, de fios de ouro e de fios de tecidos azul, roxo e vermelho.

9 Era quadrado, com um palmo de comprimento e um palmo de largura; dobrado em dois.

10 Em seguida­, fixaram nele quatro filei­ras de pedras preciosas. Na primeira fileira ha­via um rubi, um topázio e um berilo;

11 na se­gunda, uma turquesa, uma safira e um diaman­te;

12 na terceira, um jacinto, uma ágata e uma ametista;

13 na quarta, um crisólito, um ônix e um jaspe; todas fixadas em filigranas de ouro.

14 Ha­via doze pedras, uma para cada nome dos filhos de Israel, cada uma gravada como um lapidador grava um selo, com o nome de uma das doze tribos.

15 Para o peitoral fizeram correntes tran­çadas de ouro puro, como cordas.

16 De ouro fizeram duas filigranas e duas argolas, as quais pren­deram às duas extremidades do peitoral.

17 Prenderam as duas correntes de ouro às duas argolas nas extremidades do peitoral;

18 as ou­tras extremidades das correntes, às duas filigra­nas, unindo-as às peças das ombreiras do colete sacerdotal, na parte da frente.

19 Fizeram outras duas argolas de ouro e as prenderam às duas extremidades do peitoral na borda interna, pró­xima ao colete sacerdotal.

20 Depois fizeram mais duas argolas de ouro e as prenderam na parte inferior das ombreiras, na frente do colete sacerdotal, próximas da costura, logo acima do cinturão do colete sacerdotal.

21 Amarraram as argolas do peitoral às argolas do colete com um cordão azul, ligando-o ao cinturão, para que o peitoral não se separasse do colete sacerdotal, como o Senhor tinha ordenado a Moisés.

22 Fizeram o manto do colete sacerdotal inteiramente de fios de tecido azul - obra de te­celão -

23 com uma abertura no centro. Ao redor dessa abertura havia uma dobra tecida, como uma gola, para que não se rasgasse.

24 Fizeram romãs de linho fino trançado e de fios de teci­dos azul, roxo e vermelho em volta da borda do manto.

25 Fizeram ainda pequenos sinos de ouro puro, atando-os em volta da borda, entre as ro­mãs.

26 Os sinos e as romãs se alternavam por toda a borda do manto. Tudo feito para ser usado ao se ministrar, como o Senhor tinha ordenado a Moisés.

27 Para Arão e seus filhos fizeram de linho fino as túnicas - obra de te­celão;

28 o tur­bante, os gorros e os calções, de linho fino tran­çado.

29 O cinturão também era de linho fino trançado e de fios de tecidos azul, roxo e verme­lho - obra de bordador - como o Senhor tinha ordenado a Moisés.

30 Fizeram de ouro puro o diadema sagra­do, e gravaram nele como se grava um selo: Con­sagrado ao Senhor.

31 Depois usaram um cordão azul para prendê-lo na parte de cima do turbante, como o Senhor tinha ordenado a Moi­sés.

Leia o Capítulo Completo