A arca (episódio bíblico)

Compartilhar no Facebook

Todas as passagens da Bíblia sobre o episódio "A arca".

Este episódio está presente em:

Leia todos os textos deste episódio:

Êxodo 25

10 "Faça uma arca de madeira de acácia com um metro e dez centímetros de compri­mento, setenta centímetros de largura e setenta centímetros de altura.

11 Revista-a de ouro puro, por dentro e por fora, e faça uma moldura de ouro ao seu redor.

12 Mande fundir quatro argo­las de ouro para ela e prenda-as em seus quatro pés, com duas argolas de um lado e duas do outro.

13 De­pois faça varas de madeira de acácia, revista-as de ouro

14 e coloque-as nas argolas laterais da arca, para que possa ser carregada.

15 As varas permanecerão nas argolas da arca; não devem ser retiradas.

16 Então coloque dentro da arca as tábuas da aliança que lhe darei.

17 "Faça uma tampa de ouro puro com um metro e dez centímetros de comprimento por setenta centímetros de largura,

18 com dois querubins de ouro batido nas extremidades da tampa.

19 Faça um querubim numa extremidade e o segundo na outra, formando uma só peça com a tampa.

20 Os querubins devem ter suas asas estendidas para cima, cobrindo com elas a tampa. Ficarão de frente um para o outro, com o rosto voltado para a tampa.

21 Coloque a tampa sobre a arca e dentro dela as tábuas da aliança que darei a você.

22 Ali, sobre a tampa, no meio dos dois querubins que se encontram sobre a arca da aliança, eu me encontrarei com você e lhe darei todos os meus mandamentos destina­dos aos israelitas.

Êxodo 37

1 Bezalel fez a arca com madeira de acácia, com um metro e dez centímetros de com­primento, setenta centímetros de largura e setenta centímetros de altura.

2 Revestiu-a de ouro puro, por dentro e por fora, e fez uma mol­dura de ouro ao seu redor.

3 Fundiu quatro argo­las de ouro para ela, prendendo-as a seus quatro pés, com duas argolas de um lado e duas do outro.

4 Depois fez varas de madeira de acácia, revestiu-as de ouro

5 e colocou-as nas argolas laterais da arca para que pudesse ser carregada.

6 Fez a tampa de ouro puro com um me­tro e dez centímetros de comprimento por se­tenta centímetros de largura.

7 Fez também dois querubins de ouro batido nas extremidades da tampa.

8 Fez ainda um querubim numa extremi­dade e o segundo na outra, formando uma só peça com a tampa.

9 Os querubins tinham as asas estendidas para cima, cobrindo com elas a tampa. Estavam de frente um para o outro, com o rosto voltado para a tampa.

Leia os Capítulos Completos